Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Diniz reforça importância de Daniel Alves e não planeja dar descanso ao jogador

Em 2020, Daniel Alves foi substituído em apenas um dos 25 jogos com Fernando Diniz: na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, no fim de agosto

Diniz reforça importância de Daniel Alves e não planeja dar descanso ao jogador
Notícias ao Minuto Brasil

14:15 - 18/10/20 por Estadao Conteudo

Esporte São Paulo

Substituído em apenas um jogo nesta temporada, Daniel Alves não deve ter descanso. O técnico Fernando Diniz reforçou a importância do experiente jogador para o elenco do São Paulo e afirmou que não planeja tirá-lo da equipe por conta de sua dedicação e pelo fato de ser uma das referências do time.

Em 2020, Daniel Alves foi substituído em apenas um dos 25 jogos com Fernando Diniz: na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR, no fim de agosto. E ele só saiu naquela ocasião porque havia sofrido uma fratura no antebraço. O treinador garantiu que o jogador de 37 anos está em boa condição física e consegue dar retorno técnico e disse que é um dos mais dedicados do elenco.

"O Daniel fica isso. Ele tem muita importância grande. Ele colabora com muitas outras coisas que não aparecem da maneira convencional, como aconteceu com Sara, que, coletivamente, ocupa espaço, dá opções, marca e orienta o sistema defensivo", exemplificou o técnico, após o empate sem gols contra o Grêmio, no Morumbi, pela 17ª rodada do Brasileirão.

"Ele consegue entregar. É uma referência mundial, na minha visão. Quando a gente joga bem ele joga bem. E eu não tiro porque ele produz muito para o time. E mesmo quando não produz tecnicamente ele faz de outras formas. Quando achar que tenho que tirar vou tirar. Não é que ele não sai dos jogos. Ele não sai dos treinamentos. Ele não sai um dia do treinamento", completou Diniz.

Apesar de ter 37 anos, o camisa 10, na visão de Diniz, tem conseguido mostrar intensidade em campo e não deixa de ter empenho nos treinamentos e jogos. Na avaliação do treinador, esse esforço e o fato de ser o exemplo para a equipe ajudam a mantê-lo por quase sempre nos minutos.

"Ele tem 37 anos, mas você vê o GPS dele e o número de ações intensas, é um cara que a gente fica pela idade. Tem de ver o que ele corre. Ele pode errar tecnicamente, mas sempre entrega para o time. Termina o treino ele continua treinando. Ele chega antes, treina e depois continua. É um exemplo de profissional, uma referência técnica do time e de personalidade. É importante que ele esteja no campo quase sempre e por isso se mantém. Tem minha total confiança", reforçou.

Depois de empatar com o Grêmio, o próximo compromisso do São Paulo na temporada será o duelo contra o Binacional, do Peru, terça-feira, às 21h30, novamente no Morumbi, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. O time tricolor está eliminado da competição e briga por uma vaga na Copa Sul-Americana.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório