Meteorologia

  • 17 SETEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Flamengo abusa de falhas defensivas, empata com La Calera no Chile e perde 100%

O Flamengo empatou fora de casa por 2 a 2 com o Unión La Calera na noite desta terça-feira

Flamengo abusa de falhas defensivas, empata com La Calera no Chile e perde 100%
Notícias ao Minuto Brasil

04:37 - 12/05/21 por Estadao Conteudo

Esporte Libertadores

Em um jogo com dois tempos distintos, em que se recuperou depois de começar desatento, lento e errar mais do que deveria, o Flamengo empatou fora de casa por 2 a 2 com o Unión La Calera na noite desta terça-feira e perdeu os 100% de aproveitamento na Copa Libertadores.

No gramado sintético do estádio Nicolás Chahuán Nazar, no Chile, Willian Arão marcou contra e a favor e Gabriel balançou as redes de pênalti. Aproveitando um apagão da defensa adversária, os chilenos também marcaram com Ariel Martínez. Os anfitriões, aliás, abriram 2 a 0, mas o Flamengo se reabilitou depois de uma atuação desconexa e apática, retomou o controle do jogo e chegou ao empate.

Mesmo com o tropeço fora, a situação do Flamengo ainda é confortável no Grupo G, do qual é líder, com dez pontos, seis a mais que a LDU, segunda colocada e que encara o Vélez Sarsfield na Argentina quinta-feira. Com dois pontos, o Unión La Calera segue sem vencer, amarga a lanterna e está perto de ser eliminado.

O resultado do primeiro tempo foi condicionado pelos erros de um Flamengo muito disperso, desatento e em voltagem abaixo do normal até a metade da etapa inicial. A defesa errou demais e permitiu que o Unión La Calera, mesmo inferior tecnicamente, mandasse na partida nos primeiros minutos.

O time chileno contou com falhas defensivas graves do rival brasileiro para marcar duas vezes. Aos sete minutos, Bruno Viana conseguiu errar três vezes no mesmo lance. Desatento, o defensor recuou mal para Gabriel Batista, que conseguiu recuperar, mas o zagueiro perdeu a bola na sequência. O goleiro defendeu o chute de Vargas, mas Martínez apareceu para conferir no rebote.

Aos 26, os anfitriões ampliaram em gol contra de Willian Arão. No escanteio batido da esquerda, a bola passou pela primeira trave, e o zagueiro flamenguista desviou sem querer para o próprio gol, evidenciando a dificuldade do Flamengo nas bolas aéreas, problema recorrente nas últimas temporadas.

Sorte a do Flamengo que os chilenos também cometem seus erros na defesa. Autor do primeiro gol, Ariel Martínez atropelou Everton Ribeiro na área e o juiz marcou pênalti. Gabriel, que quase nunca erra, deslocou o goleiro e marcou seu 18º gol em 19 cobranças de penalidade no tempo normal.

Os comandados de Rogério Ceni pressionaram depois de reduzir a desvantagem, na maioria das vezes em chegadas pelo lado esquerdo. Arrascaeta tentou de cabeça, mas parou no goleiro Arias. Nos acréscimos, Willian Arão chutou por cima do gol. Foi pouco para um time talentoso, mas que foi desconexo, apático em alguns momentos e errou mais do que deveria.

No segundo tempo, Rogério Ceni lançou Pedro na vaga de Gomes, volante, e deixou o time extremamente ofensivo. Resultado: o Flamengo empurrou o La Calera para seu campo defensivo. Com muita qualidade técnica na frente, a equipe rubro-negra chegou várias vezes ao ataque, mas sem organização. As jogadas eram mais intuitivas do que pensadas.

Arrascaeta levou perigo em finalização para fora, Pedro bateu de chapa e também assustou. Gabriel quase alcançou cruzamento da esquerda para empurrar para o gol e depois exigiu boa defesa de Arias. De tanto insistir, o Flamengo chegou ao gol de empate com Willian Arão.

Após escanteio da direita, o zagueiro subiu no meio da área e cabeceou no canto de Arias, para se redimir do gol contra no primeiro tempo e deixar tudo igual aos 31 minutos. Nos acréscimos, Arão, nome do jogo, para o bem e para o mal, teve a chance de dar o triunfo ao time rubro-negro, mas finalizou por cima do gol.

O Flamengo esquece a Libertadores por ora e se concentra no Campeonato Carioca. Sábado, às 21h05, o time rubro-negro faz no Maracanã o primeiro jogo da final diante do Fluminense. Na competição sul-americana, o próximo desafio é contra a LDU, quarta-feira que vem, em casa.

FICHA TÉCNICA

UNIÓN LA CALERA 2 X 2 FLAMENGO

UNIÓN LA CALERA - Arias; Simón Ramírez (Navarrete), Victor González, Christian Vilches e Wiemberg; Ariel Martínez (Oyanedel), Laba (Matías Fernández), Cavalleri (Liuzzi); Jeisson Vargas, Saez e Orellana (Iturra). Técnico: Luca Marcogiuseppe

FLAMENGO - Gabriel Batista; Isla (Matheuzinho), Willian Arão, Bruno Viana (Ramon) e Filipe Luís; João Gomes (Pedro), Diego, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Rogério Ceni.

GOLS - Ariel Martínez, aos oito, Willian Arão (contra), aos 26, e Gabriel (pênalti), aos 30 minutos do primeiro tempo. Willian Arão, aos 31 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Andrés Rojas (Colômbia)

CARTÕES AMARELOS - Ariel Martínez, Orellana, João Gomes, Arrascaeta, Wiemberg, Iturra, Bruno Henrique

LOCAL - Estádio Nicolás Chahuán Nazar, em La Calera, Chile.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório