'Eurico não faria pior', diz colunista sobre gestão de Paulo Nobre

Presidente do Palmeiras foi criticado após coletiva usada para pressionar arbitragem

© Reprodução/YouTube
Esporte crítica 21:45 - 17/10/16 POR Notícias Ao Minuto

A atitude do presidente do Palmeiras ao concecer uma coletiva de imprensa logo após o Fla-Flu, a fim de criticar a desastrosa arbitragem do clássico, acirrou os ânimos de muitos torcedores.

PUB

Entre os palmeirenses, há quem diga que Paulo Nobre seria um dirigente "moderno", por ter rompido com as torcidas organizadas, administrar o clube com seriedade e ser um torcedor que colabora com o Palmeiras.

O colunista Menon, do Uol, discorda e dispara contra o cartola alviverde.

- Nas contas de Cuca, faltam três vitórias para título do Palmeiras

"O que há de moderno na gestão Nobre? Ele recorreu a uma entrevista coletiva para palpitar no erro do jogo Flamengo x Fluminense, que ajudou o Flamengo. Uma coisa extemporânea, porque, ele mesmo reconheceu, Henrique estava impedido. Ele gritou e esperneou por conta da tal interferência externa. E não limitou suas críticas ao árbitro. Falou em 'mão grande' sem nada provar. Comportou-se como Levir 'campeonato manchado' Culpi. Que modernidade há ali? Eurico não faria pior", analisa o jornalista.

"Nobre recorreu à velha tática da pressão. Reclamo muito aqui para ter a compensação ali. E ela veio no próximo jogo", finaliza. Com a vitória no último domingo diante do Figueirense, e a derrota do Flamengo contra o Inter, o Palmeiras abriu quatro pontos na liderança e caminha a passos largos para o título brasileiro.

LEIA TAMBÉM: Andres Sanchez detona presidente do Corinthians e até Renato Augusto

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X