Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2017
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Medalhas da Rio-2016 descascam e Comitê é burocrático para troca

Atletas têm reclamado da falta de qualidade do material utilizado na fabricação das medalhas

Medalhas da Rio-2016 descascam e Comitê é burocrático para troca
Notícias ao Minuto Brasil

06:00 - 19/10/16 por Notícias Ao Minuto

Esporte (de) PAPELÃO

O Comitê Organizador da Rio-2016 tem recebido reclamações de atletas por conta de um problema cômico, não fosse trágico: medalhas conquistadas nos Jogos estão descascando.

De acordo com o Blog do Ohata, no Uol, parte dos competidores está insatisfeita mas, ainda assim, prefere não trocar as medalhas por questões sentimentais, por serem aquelas as "medalhas recebidas no pódio".

- Lembra da corredora do aquecimeno sexy? Perdeu bolsa após fiasco no Rio

O blog entrou em contato com a Rio-2016 e ouviu que a culpa é dos atletas, que não estariam cuidando bem de seus prêmios. Seriam três os principais motivos que levariam ao problema, segundo a Rio-2016: medalhas que caem no chão e o fato de alguns atletas terem usado três medalhas ao mesmo tempo no pescoço, uma raspando na outra.

Diante do problema, os medalhistas têm duas opções: permanecerem com a medalha danificada ou pedir uma nova. Se optarem pela segunda possibilidade, o caminho será longo: eles deverão entrar em contaro com a respectiva confederação, que acionará o Comitê Olímpico do Brasil (COB), que levará o caso ao Comitê Rio-2016, que encaminhará a medalha à Casa da Moeda, responsável pela fabricação do objeto.

A Rio-2016 informou ao Blog do Ohata que apenas 3% das medalhas foram devolvidas, o que elimina a necessidade de um recall total.

LEIA TAMBÉM: 'Neymar será o novo Messi', diz Rakitic a jornal inglês

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório