Tite promete equilíbrio nas convocações para não prejudicar equipes

Treinador disse que terá bom senso, mas não prejudicará a seleção

© REUTERS/Sergio Moraes
Esporte a ver 20:00 - 22/10/16 POR Notícias Ao Minuto

Tite foi treinador de clube e sabe como é difícil ter jogadores cedidos à seleção em momentos cruciais das competições, como o que ocorre atualmente no Campeonato Brasileiro.

PUB

+ Ronaldo deu resposta 'fenomenal' a presidente do Real após bronca por noitada

Durante participação no programa "Bem, Amigos!", ele prometeu bom senso na próxima convocação do Brasil, para jogos contra Argentina e Peru, dias 10 e 16 de novembro, de modo que os clubes que brigam pelo título não sejam demasiadamente prejudicados.

"Vou sempre considerar (a situação do Brasileirão). Profissional e humanamente. Sem prejuízo à seleção brasileira e ao objetivo de classificação. Não vou baixar a guarda, absolutamente. Vou ser, na medida do possível, coerente. Se tiver um lateral-direito da equipe do Palmeiras e um lateral-direito da equipe do Atlético-MG, e o Gabriel já estiver convocado, vai o do Atlético-MG, porque vai gerar equilíbrio técnico. Tenho bom senso em relação a isso. Sem ter prejuízo à Seleção, porque é a minha prioridade", argumentou.

Tite também entrou em discussão sobre o uso da tecnologia em jogos de futebol - ele e Galvão Bueno discutiram com Arnaldo Cézar Coelho, que é contra.

LEIA TAMBÉM: Renovação garante a Neymar salário maior do que o de Messi no Barça

 

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X