Meteorologia

  • 20 OUTUBRO 2017
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 17º

Edição

Por Jogos de Roma em 2024, comitê italiano gastou 13 mi de euros

Candidatura foi cancelada em setembro

Por Jogos de Roma em 2024, comitê italiano gastou 13 mi de euros
Notícias ao Minuto Brasil

13:02 - 19/10/16 por Notícias Ao Minuto

Esporte gastos

O presidente do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), Giovanni Malagò, informou que a entidade gastou cerca de 13 milhões de euros na candidatura da cidade de Roma para ser sede dos Jogos Olímpicos de 2024.   

+ Contra City, Neymar pode superar marca de R10 e igualar a de Romário

A prefeita local, Virginia Raggi, desistiu da candidatura em setembro e o Coni ratificou a decisão nesta semana.   

"O processo de candidatura que foi interrompido nesta semana desprendeu cerca de 13 milhões de euros. Valores que não são recuperáveis. Com a candidatura nós chegamos ao fim da corrida.   

Plano B? Existe ou poderia existir ao levar a candidatura com o apoio da região. Mas, nós descartamos isso", disse Malagò aos microfones da "Radio 24".   

Sobre seu discurso ao anunciar a desistência, o cartola ressaltou que "não chorei, mas estava comovido". "Não eram lágrimas, talvez algo pior. Eu esperei até o último momento", acrescentou.   

"A renúncia de Roma prejudica outras candidaturas italianas, mas o COI já tornou-se derrotado pela política italiana e de quem mudou de ideia", disse Malagò aos se referir à prefeita Raggi, que havia cogitado um referendo para verificar se a população queria sediar as Olimpíadas, mas desistiu.   

Para o cartola, agora é hora de "recuperar a credibilidade internacional", mesmo que o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, afirmou em carta que "a relação" com o Coni não foi afetada.   

No documento divulgado nesta segunda-feira (17), Bach ressalta que os Jogos Olímpicos de Roma poderiam deixar "uma herança positiva e sustentável" para a capital italiana e para a região de Lazio e que a entidade teria investido "cerca de 1,7 bilhão de euros no projeto".   

"Com base nas informações que nós recebemos nos últimos dias ficou claramente demonstrado que a decisão do Conselho era politicamente motivada por razões que estão além do projeto Olímpico. O COI está consciente de que essa foi uma decisão muito difícil para o Coni quando ele tinha apoio de todas as outras esferas de governo e da população de Roma e da Itália para a candidatura", destacou Bach.   

O líder do COI se referia às constantes pesquisas entre a população que aprovavam a realização do evento na capital da Itália e do apoio do governo nacional e regional ao evento.   

Raggi, que pertence ao partido opositor Movimento Cinco Estrelas (M5S), anunciou a retirada da candidatura por considerar os Jogos uma "irresponsabilidade". (ANSA)

LEIA TAMBÉM: Galvão Bueno e Jô Soares discutem em programa; saiba por quê

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório