Sedados, Neto e jornalista seguem em estado crítico, mas estável

Ambos estão na UTI da Clínica San Juan de Dios, na cidade de La Ceja, a cerca de 30 km do local do acidente

© Paulo Whitaker/Reuters
Esporte situação clínica 19:56 - 30/11/16 POR Notícias Ao Minuto

O zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel Valmorbida, 2 dos 6 sobreviventes da tragédia com o avião da Chapecoense, estão sedados e entubados desde que chegaram ao hospital, segundo o diretor médico da instituição. Ambos estão na UTI da Clínica San Juan de Dios, na cidade de La Ceja, a cerca de 30 km do local do acidente.

PUB

+ Áudio mostra pânico de piloto ao relatar 'falha total e de combustível'

O diretor médico do hospital, Luiz Fernando Rodríguez, disse em entrevista que o caso de Neto é mais delicado que o de Rafael, mas que ambos têm um quadro estável.

"Continuam em estado crítico, mas estão estáveis do ponto de vista neurológico e hemodinâmico. Estão sedados, com suporte ventilatório mecânico e continuam à espera de uma melhora", afirmou.

O que mais preocupa nos dois pacientes, informou Rodríguez, é a extensão do trauma torácico, e a meta, portanto, é que recuperem a função pulmonar.

Os pacientes, ainda segundo o diretor médico, não têm problemas neurológicos graves, e só estão sedados para que sejam mantidos "numa condição de tranquilidade" necessária à recuperação.Questionado se Neto corre risco de morrer, o médico disse: "Esse é um prognóstico reservado. Os especialistas são otimistas quanto à recuperação que possa ter, porque seu estado neurológico é bom, falta que melhore a parte respiratória e multiorgânico, porque com esse tipo de impacto se lesionam muitos órgãos, então depende também da evolução clínica".

Segundo relato de funcionários da clínica particular (administrada por uma congregação católica), Neto chegou ao local com fratura expostas na região do tórax, com alguns órgãos visíveis, o que consternou os presentes.

O lateral Alan Ruschel chegou ao hospital semiconsciente, com a perna fraturada e lesões abdominais, além de trauma na coluna. Foi imediatamente para a cirurgia e, em seguida, direcionado a uma clínica. Existe o risco de o jogador ficar paraplégico, segundo reportagem do SporTV.

O goleiro Jackson Follman, que seguiu para o Hospital San Vicente Fundación, também em La Ceja, teve uma perna amputada e está em estado crítico. Segundo a médica Ana María González, os membros da tripulação Ximena Suárez e Erwin Tumiri estão estáveis e em recuperação, e seguem internados. Com informações da Folhapress.

 

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X