Campeão teve de reaprender a surfar após concussão cerebral

Australiano Owen Wright venceu em casa neste domingo após um ano em recuperação

© WSL/Ed Sloane
Esporte roteiro de cinema 12:59 - 19/03/17 POR Notícias Ao Minuto

O australiano Owen Wright escreveu a primeira grande história do esporte em 2017. Não por ter vencido a primeira etapa no mundial de surfe, na madrugada deste domingo, em Gold Coast, na Austrália. Mas pelo caminho percorrido até chegar à vitória.

PUB

+ Neymar garante não haver 'ciúme' entre ele e Messi nos gramados

Em 2015, Wright era candidato ao título na última etapa do circuito, em Pipeline, no Havaí. Mas após ser atingido por ondas pesadas em um treino, foi hospitalizado e diagnosticado com uma concussão cerebral que o faz passar o ano todo de 2016 em recuperação. Ele teve, inclusive, de reaprender a surfar.

O final mais do que feliz ocorreu quando, após bater o brasileiro Gabriel Medina nas semifinais, Wright disputou o título com o amigo e compatriota Matt Wilkinson, que vencera em Gold Coast no ano passado, para levar o caneco. Ainda na água após o término da bateria que o consagrou, ele e Wilkinson choraram abraçados.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X