Meteorologia

  • 18 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Técnico apoia 'mala branca', mas nega ajuda ao Santos

O Santos não tem mais objetivos a buscar no Campeonato Brasileiro, mas será uma espécie de "fiel da balança" nas duas rodadas finais da competição, pois neste domingo enfrentará o Atlético-PR, que ainda não assegurou classificação para a Copa Libertadores, e depois pegará o Goiás, outro time na briga por uma vaga na competição continental. Por isso, o técnico Claudinei Oliveira chegou a ser questionado nesta sexta-feira se veria com bons olhos a possibilidade de receber uma ajuda financeira extr

Técnico apoia 'mala branca', mas nega ajuda ao Santos
Notícias ao Minuto Brasil

13:23 - 29/11/13 por Agencia Estado

Esporte Campeonato Brasileiro

Ao comentar o assunto, o treinador admitiu que a chamada "mala branca", como ficou popularmente conhecido no futebol o incentivo extra pago para um time ganhar um jogo, é bem-vinda para qualquer clube. Porém, ele negou que o Santos tenha sido procurado para receber este tipo de ajuda, assim como destacou que não precisa deste artifício para estar motivado nas duas rodadas finais do Brasileirão.

"Temos que fazer o nosso trabalho, não posso me preocupar com o dos outros. Fazer o trabalho bem feito já é bem difícil. Estamos vindo de uma sequência de jogos com Vasco, Bahia, Vitória, Fluminense, só jogos assim, nenhum de alguma equipe que não brigue por nada. O Arouca deu um baita exemplo, fez um jogo contra o Fluminense de nota 8 para 10, e lá (no time carioca) ele foi criado, tem carinho pelo clube, mas defende o Santos. O Atlético-PR tem que brigar, assim como o Vitória fez", ressaltou Claudinei, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé.

Em seguida, o comandante reconheceu que a 'mala branca' não é uma novidade para ele no futebol, enfatizando que o errado é aceitar ajuda financeira de um outro clube com o objetivo de manipular o resultado de uma partida.

"Eu, da minha parte, não preciso de incentivo extra, não tem necessidade, já tive em elencos que recebemos para ganhar o jogo. Corremos do mesmo jeito, ganhamos um (dinheiro) a mais. O problema é ganhar para não se esforçar. Se alguém está pensando em fazer, não tem necessidade. Contra o Fluminense (no último domingo) não teve nada, mas isso não passa por diretoria, só por jogadores. Não sei se vai ocorrer. O Náutico (já rebaixado) está desmotivado, pode ser que deem um incentivo. O Náutico precisa disso? Não, mas é algo que ocorre", completou, reconhecendo que ele próprio já recebeu 'mala branca" nos seus tempos de jogador profissional.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório