Confira as maiores superstições do futebol

Desde religião, pragas ou tradições: são várias as histórias que envolvem o futebol

Esporte Rituais 13:08 - 16/07/17 POR Notícias Ao Minuto

O outro lado do futebol - Desde religião, pragas ou tradições: são várias as histórias que envolvem futebol além das quatro linhas. © Getty Images

A promessa da República Checa - Os jogadores da seleção decidiram não fazer a barba durante o Euro 2012 para dar boa sorte. O goleiro Petr Čech levou a promessa tão a sério que recusou pegar numa lâmina, mesmo a pedido da sua namorada. © Getty Images

O gol e Sergio Goycochea - Durante o Mundial de 1990, o goleiro protagonizou um momento bizarro ao urinar atrás do gol antes da decisão por pênaltis nas oitavas de final do torneio. © Getty Images

Penaltis da sorte - O certo é que resultou e a sua seleção venceu e passou às quartas de final. A Argentina iria enfrentar a Itália, onde também foi aos pênaltis. Goycochea repetiu o "ritual" e a sua seleção voltou a vencer. © Getty Images

As manias de Iker Casillas - Durante o auge da sua carreira, o goleiro usava as meias viradas do avesso. Agora, abandonou o hábito mas continua dando uma pancada na trave sempre que a sua equipe marca. © Getty Images

Cristiano Ronaldo #1 - O jogador português faz questão de ser o último a entrar em campo antes de cada jogo. © Getty Images

Cristiano Ronaldo e o cabelo - Além disso, foram também já várias as ocasiões onde Ronaldo mudou de penteado durante os jogos. Isto é um sinal de superstição ou uma simples coincidência? © Getty Images

As rotinas de John Terry - O veterano também tem os seus rituais. Durante bastante tempo ouviu o mesmo CD, neste caso um disco do cantor Usher. Outra curiosidade de Terry é que usou as mesmas chuteiras 10 anos seguidos. © Getty Images

Kolo Touré e o ritual certo - O futebolista marfinense tinha de ser sempre o último a entrar em campo quando jogava no Arsenal, um ritual que seguia à risca. © Getty Images

A fé de Keylor Navas - O goleiro do Real Madrid tem sempre o mesmo ritual antes de cada jogo. Vai até à sua goleira, ajoelha-se, fecha os olhos e levanta os braços na direção do céu. © Getty Images

Mircea Lucescu e os ônibus - O treinador do Shakhtar Donetsk, Mircea Lucescu e a restante da equipe técnica respeita a tradição de pedir aos condutores dos ônibus para não darem marcha ré enquanto tem os seus atletas a bordo. © Getty Images

As chuteiras Leighton Baines - Antes de começar os jogos, o jogador inglês vira-se de costas para o campo para desatar e voltar a atacar as chuteiras. © Getty Images

Zagallo e os números - O ex-futebolista e treinador brasileiro tinha uma obsessão pelo número 13, pois afirmava que lhe trazia sempre boa sorte. © Getty Images

A maldição de Béla Guttmann - Depois de conquistar a Taça dos Campeões Europeus jogando pelo Benfica, na época 1961/1962, o treinador que faleceu em 1981, deixou uma praga: o Benfica não voltará a ser campeão nos próximos 100 anos. © Getty Images

A trágica época de 2012/2013 - O 'feitiço perdura até aos dias de hoje. O Benfica nunca mais foi campeão europeu mas teve uma oportunidade recente contra o Chelsea na final da Liga Europa. Acabou perdendo o jogo aos 92 minutos. © Getty Images

O feitiço ainda continua? - Logo no ano a seguir, o Benfica voltou a chegar à final da Liga Europa, desta vez o jogo foi para os pênaltis. O que aconteceu? O clube voltou a perder. © Getty Images

A rotina de Mario Mandžukić - O jogador croata tem um ritual pré-jogo: enrolar as mãos em fita adesiva, um hábito inspirado nos jogadores de boxe. © Getty Images

As ligaduras de Ivan Rakitić - É mais um jogador que gosta de 'ligaduras'. Tem por hábito envolver a perna esquerda com uma fita antes de iniciar os jogos. © Getty Images

Pepe Reina e a gasolina - Quando ainda representava o Liverpool, o goleiro tinha por hábito encher o depósito do carro sempre na mesma estação de serviço antes de cada jogo. Não por falta de gasolina, é claro. © Getty Images

A 'poupança' de Gary Lineker - O atacante inglês tinha 'faro' para o gol mas durante os aquecimentos, não queria 'gastar' os chutes e nunca chutava ao gol antes dos jogos. © Getty Images

O ritual da Lenda Cruyff - Uma das maiores lendas do futebol, foi Johan Cruyff. Quando jogava no Ajax consta que tinha por hábito bater no estômago do goleiro Gert Bals antes de começar a partida. © Getty Images

O beijo de Laurent Blanc - Antes de cada jogo da seleção francesa durante Mundial de 1998, o jogador dava um beijo na cabeça do goleiro Fabien Barthez. Suprestição ou não, o certo é que a França venceu o torneio. © Getty Images

Tomáš Rosický e o Hino - O jogador checo nunca canta em voz alta o hino da sua seleção. Pelo contrário, Rosický mantém-se em silêncio, porque nos tempos da base nos clubes sempre que cantava o hino, a sua equipe perdia. © Getty Images

A oração familiar de Neymar - É mais um jogador super-crente. Antes de cada jogo, Neymar costuma ligar ao seu pai e ambos fazem uma oração juntos. © Getty Images

A reza de 'Chicaritto' - O jogador mexicano Javier Hernandes faz uma reza completa antes de cada jogo. © Getty Images

O anel de Cesc Fàbregas - O meia espanhol costumava beijar quatro vezes o anel que a namorada lhe deu, antes dos jogos. © Getty Images

A entrada de Ricardo Quaresma - O jogador português nunca falha a sua rotina: entrar em campo mancando. © Getty Images

Filippo Inzaghi e os doces - O ex-jogador italiano tinha por hábito antes de cada jogo comer uma caixa de bolachas. Seria fome ou uma superstição? © Getty Images

David Luiz e a religião - O zagueiro central brasileiro pratica a fé evangélica. Além de várias rezas antes de entrar em campo, o jogador chegou a mostrar uma camiseta com a legenda: Deus é grande, ao vencer a Champions jogando pelo Chelsea. © Getty Images

As tatuagens de Sérgio Ramos - O zagueiro do Real Madrid tem, no seu ombro esquerdo, uma tatuagem de Jesus Cristo e da virgem de Rocío. © Getty Images

O outro lado de Gennaro Gattuso - Era conhecido como um dos jogadores mais combativos e 'raçudos' do meio campo. Mas por trás disto tudo, o ex jogador é super devoto e jogava sempre com um crucifixo ao pescoço. © Getty Images

1 / 31
O outro lado do futebol  -

O outro lado do futebol - Desde religião, pragas ou tradições: são várias as histórias que envolvem futebol além das quatro linhas. © Getty Images

1 / 31
© Getty Images

Além do esporte em si, o futebol proporciona diversas histórias e lendas que vão muito além dos gramados.

PUB

Vários jogadores famosos internacionalmente também incorporam estes rituais e suprestições para sua rotinas. Há quem mude de penteado, quem repita os mesmos uniformes e até quem faça rezas antes de iniciar cada jogo. Histórias para todos os gostos e feitios, desde maldições a beijos de boa sorte. Confira aqui o outro lado do futebol!

Leia Também: Museu da Seleção terá semana de promoção pelo Dia do Futebol

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte.

Obrigado por ter ativado as notificações de Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

X