Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2017
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Campeão pela 31ª vez, Brasil bate a Venezuela e garante vaga no Mundial

Esse foi o 31º título sul-americano da equipe nacional em 31 participações no evento

Campeão pela 31ª vez, Brasil bate a Venezuela e garante vaga no Mundial
Notícias ao Minuto Brasil

07:26 - 12/08/17 por Estadao Conteudo

Esporte Sul-Americano

A seleção brasileira masculina de vôlei manteve a sua hegemonia absoluta no Campeonato Sul-Americano da modalidade ao arrasar a Venezuela por 3 sets a 0, com parciais de 25/21, 25/6 e 25/18, na noite desta sexta-feira, em Santiago, na decisão da competição realizada no Chile.

Esse foi o 31º título sul-americano da equipe nacional em 31 participações no evento - o Brasil só não ficou com a taça na edição de 1964 do torneio, quando não esteve presente no mesmo. Com este novo troféu, a seleção também assegurou classificação para o Campeonato Mundial de 2018, que ocorrerá na Itália e na Bulgária.

O título conquistado em solo chileno também foi o primeiro do técnico Renan Dal Zotto como comandante da seleção masculina, com a qual neste ano foi vice-campeão da Liga Mundial, primeira competição em que esteve à frente do time nacional após assumir o lugar de Bernardinho no cargo.

Franco favorito ao título sul-americano, o Brasil conquistou cinco vitórias em cinco jogos nesta edição do torneio, cujo terceiro lugar foi garantido nesta sexta-feira pela Argentina, que derrotou o Chile por 3 sets a 0, com 25/18, 25/22 e 25/21, no outro duelo que fechou a competição realizada nas cidades de Temuco e Santiago.

Na partida contra a Venezuela, a seleção brasileira foi dominante desde o início e atropelou a adversária no segundo set, no qual os adversários marcaram apenas seis pontos. Os venezuelanos já haviam sido batidos pelo Brasil na primeira fase da competição, também por 3 sets a 0, placar que o time nacional conquistou ainda nos triunfos sobre Paraguai, Colômbia e Chile, este último batido nas semifinais de quinta-feira.

A seleção levada por Renan Dal Zotto ao Chile contou com os levantadores Bruninho e Raphael, os opostos Wallace e Renan, os centrais Lucão, Maurício Souza, Otávio e Isac, os ponteiros Lucarelli, Maurício Borges, Douglas e Rodriguinho, além dos líberos Tiago Brendle e Thales.

Após manter a hegemonia no Campeonato Sul-Americano, o Brasil já vai voltar à quadra neste domingo, quando enfrenta os Estados Unidos, às 10 horas, em amistoso no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Em seguida, às 20 horas de terça-feira, os comandados de Renan voltarão a enfrentar os norte-americanos em outro amistoso, mas desta vez em Manaus, na Arena Amadeu Teixeira.

O Brasil conquistou o seu 31º título sul-americano na mesma semana em que comemorou 25 anos do histórico ouro olímpico do vôlei masculino do País nos Jogos de Barcelona, garantido com uma vitória por 3 sets a 0 sobre a Holanda na final realizada no dia 9 de agosto de 1992. Na ocasião, o triunfo marcou o primeiro ouro do Brasil em um esporte coletivo na história da Olimpíada.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório