Meteorologia

  • 20 NOVEMBRO 2017
Tempo
10º
MIN 10º MÁX 10º

Edição

Maradona lamenta eliminação da Itália para Suécia

Ex-craque disse que a Azzurra oferece "brilho" para o torneio

Maradona lamenta eliminação da Itália para Suécia
Notícias ao Minuto Brasil

16:31 - 14/11/17 por Ansa

Esporte copa do mundo

O ex-jogador e ídolo do Napoli Diego Armando Maradona lamentou em suas redes sociais a eliminação da Itália na repescagem para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Através de uma publicação em seu perfil no Facebook, o ex-craque argentino deu seu ponto de vista sobre o empate sem gols diante da Suécia, resultado que tirou a Azzurra do próximo Mundial.

+ Edu diz que Tite planejou 'restabelecer' a paz da seleção com a torcida

"Lamento muito que a Itália ficará de fora da Copa do Mundo. Os italianos sempre oferecem um brilho para o torneio. Eu assisti ao jogo e, para mim, pareceu que a Itália jogou como a Suécia queria, cruzando a bola. Eles tinham dois grandes zagueiros centralizados. A competição fica cada vez mais dura e mais fechada com o tempo. É triste que a Itália, uma das grandes, tenha ficado de fora da Copa do Mundo da Rússia", escreveu.

Maradona jogou no Napoli entre 1984 e 1991, conquistando dois Campeonatos Italianos e uma Liga Europa. Com a camisa dos partenopei, o argentino atuou em mais de 180 partidas e marcou mais de 80 gols.

Pela seleção da Argentina, Maradona nunca venceu a Itália. Em cinco partidas, foram três empates, um deles com vitória nos pênaltis da Albiceleste, na Copa de 1990, disputada no país europeu, e duas derrotas. (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório