Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Náutico acusa Ponte de escalação irregular e vai ao STJD por vaga

Os jogadores em questão são o lateral Igor Vinícius, que foi titular no jogo de volta, na Arena Pernambuco, e o atacante Júnior Santos, que atuou nas duas partidas e inclusive fez um dos gols da vitória da Ponte

Náutico acusa Ponte de escalação irregular e vai ao STJD por vaga
Notícias ao Minuto Brasil

19:35 - 19/04/18 por Folhapress

Esporte COPA DO BRASIL

As oitavas de final da Copa do Brasil podem ser definidas nos tribunais. Nesta quinta-feira (19), o Náutico, equipe eliminada pela Ponte Preta na última quarta (18), encaminhou uma notícia de infração disciplinar ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) alegando que dois jogadores do time de Campinas teriam atuado de maneira irregular.

Os jogadores em questão são o lateral Igor Vinícius, que foi titular no jogo de volta, na Arena Pernambuco, e o atacante Júnior Santos, que atuou nas duas partidas e inclusive fez um dos gols da vitória da Ponte Preta no duelo de ida, por 3 a 0, no Moisés Lucarelli.

De acordo com o Náutico, ambos não poderiam ter defendido a Ponte Preta porque, apesar de não terem entrado em campo, foram relacionados e assinaram a súmula do jogo entre Ituano e Uberlândia, pela primeira fase da Copa do Brasil -ambos pertenciam ao time paulista e chegaram à Ponte no fim de março.

Felipe Bevilacqua, procurador-geral do STJD, confirmou o recebimento da ação e disse que o órgão deve definir no máximo até segunda-feira se aceitará a denúncia. "Recebi, está sendo analisada por um procurador. Pedi para o departamento da CBF responsável se manifestar também. Até amanhã ou segunda deve estar decidido", afirmou.Em nota divulgada pela assessoria de imprensa, a Ponte Preta disse ter recebido o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para a utilização dos atletas.

"Em relação a um suposto questionamento do Náutico referente aos atletas Igor e Júnior Santos, a Ponte não recebeu nenhuma citação formal até o momento, por isso não sabe se a denúncia realmente existe, porém já adianta-se em informar que, quando contratou ambos os atletas, consultou a Confederação Brasileira de Futebol -que é tanto o órgão organizador quanto autoridade maior do esporte no país- sobre o fato e recebeu da CBF o aval para utilização dos atletas", diz a nota.

"Só com este aval em mãos é que eles foram colocados à disposição do técnico Doriva. O ofício da CBF será apresentado ao Tribunal assim que a Ponte for notificada, caso efetivamente a denúncia tenha sido feita e caso seja aceita pelo STJD", acrescenta. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório