Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Em apenas uma competição, Atlético-MG quer contratar reforços

Clube caiu para a Chapecoense na Copa do Brasil

Em apenas uma competição, Atlético-MG quer contratar reforços
Notícias ao Minuto Brasil

10:45 - 17/05/18 por Folhapress

Esporte má fase

Uma semana depois de abrir mão e ser eliminado para o San Lorenzo na Sul-Americana, o Atlético-MG voltou a sofrer um golpe duro e caiu novamente, desta vez para a Chapecoense, pela Copa do Brasil, nesta quarta-feira (16).

Em pleno mês de maio, só restou à equipe lutar por um final de ano digno e em uma boa posição no Brasileiro. Agora com um único torneio inteiro pela frente, Thiago Larghi não esconde a necessidade de reforçar o time e conta com a diretoria para trazer peças certeiras, principalmente no setor ofensivo.

Nas partidas contra o San Lorenzo e Chapecoense, o Atlético precisava de um gol para manter suas chances de classificação, mas passou em branco em ambas e não balançou as redes em quatro jogos. O setor ofensivo é uma das carências.

"A gente tem que aproveitar essa oportunidade, tratar com seriedade, corrigir os erros, fazer uma autocrítica e saber que tem pontos a melhorar. Quem sabe, a espera de reforços que venham para nos ajudar, isso vai ser importante para a temporada. Sei que a diretoria está trabalhando nisso", comentou Larghi, após a queda em Chapecó.

Cazares, principal organizador, divide ótimas apresentações com jogos tímidos, e não tem um reserva à altura. Seu companheiro Otero também não atravessa boa fase e vem deixando a desejar."Não só pelo Otero e Cazares, mas para reforçar o grupo. A gente tem a necessidade de meio e ataque sim, mas é questão de fortalecimento do grupo. As peças que a gente tem são boas, produzem, mas precisa reforçar sim, porque o Campeonato Brasileiro é muito longo. Tem muitas rodadas, tem cartão, lesão, então, tudo isso tem que ser levado em conta, reforçar a qualidade do elenco sim, é sempre bom", comentou o treinador.

+ SOBRE ESPORTES

BRASILEIRO

Esta é a primeira vez desde 2012 que o Atlético chega ao mês de maio somente com o Brasileiro pela frente. Nos últimos anos, a equipe ainda dividia suas atenções com a Copa do Brasil ou Libertadores.

Desta vez, uma decisão conjunta foi tomada na semana passada para abrir mão da Sul-Americana, praticamente minando as chances de classificação. A aposta era de chegar firme na Copa do Brasil e Brasileiro, mas metade da meta já caiu por terra com a mais recente eliminação.

"Não lamento [ter escalado reservas contra San Lorenzo]. Ali foi uma decisão com base na fisiologia, uma decisão conjunta da comissão técnica e diretoria. O jogo foi bem jogado, na terça passada. Não venceu por ocasião do futebol. Houve um saldo positivo, ganhamos alguns jogadores que entraram ali, como o Bremer, o Yago e o Alerrandro mostrou que pode ser o reserva do Ricardo Oliveira", acrescentou o técnico. (Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório
Competição
Quer ganhar um
iPhone X no valor de R$ 7.799? Não, obrigado

Notícias ao Minuto
Inscreva-se agora e concorra ao
SMARTPHONE
Mais cobiçado do momento
Complete as 5 etapas para participar
Notícias ao Minuto