Meteorologia

  • 24 JUNHO 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mistério da CBF sobre lista de espera para a Copa irrita clubes

As federações nacionais são obrigadas pela entidade que comanda o futebol mundial a apresentar uma lista de 35 jogadores que contenha, além dos convocados para a Copa, outros possíveis suplentes

Mistério da CBF sobre lista de espera para a Copa irrita clubes
Notícias ao Minuto Brasil

19:01 - 24/05/18 por Folhapress

Esporte SUPLENTES

A menos de 48 horas do início da sétima rodada da Série A, os clubes ainda não foram avisados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) sobre os jogadores que estão na lista de "espera" da seleção brasileira para a Copa do Mundo.

As equipes esperam uma resposta da entidade para saber quais jogadores poderão colocar em campo no final de semana. É o caso do Grêmio, que viaja nesta sexta-feira (25) para Fortaleza, onde enfrenta o Ceará no domingo.

O goleiro Marcelo Grohe, o volante Arthur e o atacante Luan são especulados de fazerem parte desta lista de "espera" da seleção. O time gaúcho também cogita que o meia Maicon possa estar na relação da CBF.

Vale lembrar que o zagueiro Geromel está entre os 23 convocados.

"Já cobramos uma posição da CBF para saber quais jogadores estão nesta lista e se vamos poder utilizá-los, mas até agora não tivemos uma resposta. Essa indefinição atrapalha todo o nosso planejamento de viagem e de montagem da equipe", disse André Zanotta, diretor executivo de futebol do Grêmio.

A reportagem também entrou em contato com outros clubes que podem ter atletas nesta relação de suplentes. Corinthians, São Paulo, Santos e Flamengo afirmaram que não foram avisados até agora pela entidade. A reportagem apurou que existe uma insatisfação dos times por conta do imbróglio.

Os únicos clubes comunicados até o momento foram Cruzeiro, por conta do zagueiro Dedé, e o Palmeiras, por Dudu.

O Corinthians acredita que o meia Rodriguinho possa estar na lista, mas não foi informado. A presença do jogador na relação ia irritar ainda mais o clube alvinegro, que já perdeu dois de seus principais atletas para a seleção -o goleiro Cássio e o lateral Fágner- que ainda se recupera de lesão.

O São Paulo, por sua vez, acredita que Rodrigo Caio -que passou por cirurgia na semana passada e já não jogaria- está na lista de suplentes, mas também poderia ver o atacante Diego Souza ser chamado.

O Santos desconhece se Vanderlei seria o quinto goleiro da CBF -Neto, do Valencia, já foi confirmado como o quarto goleiro. Já o Flamengo poderia ter o meia Diego na lista de espera.

O Palmeiras só recebeu a comunicação de que Dudu fazia parte da lista na quarta-feira (22) a tarde -poucas horas antes do duelo contra o América-MG, pela partida de volta da Copa do Brasil. Assim, o atacante ficou fora da partida.

Segundo o diretor de futebol do clube, Alexandre Mattos, a CBF pediu para que o atleta ficasse de fora da partida por risco de uma punição da Fifa.

De acordo com o artigo 45 do regulamento da Copa do Mundo, os atletas relacionados nessa lista não podem estar em atividade por seus clubes a partir do dia 20 de maio. A intenção é protegê-los de lesões e obrigar os clubes a cedê-los para suas respectivas seleções.

Ainda pelo regulamento, as seleções teriam até o dia 4 de junho, para divulgar a lista final de 23 convocados.

Nesta quinta-feira (24), a CBF admitiu que não enviou no prazo pedido pela Fifa a liberação de jogadores relacionados por Tite para o Mundial para disputar o Brasileiro e a Copa do Brasil.

A entidade pressiona agora a federação mundial para conseguir a liberação. De acordo com a assessoria da seleção, a consulta foi feita após o treinador ter anunciado a relação dos 23 convocados no dia 14.

O prazo estabelecido pela Fifa era junho do ano passado. Segundo a CBF, a comissão técnica entendeu que não tinha como pedir a liberação dos atletas com antecedência de um ano. A entidade também entende que o regulamento é dúbio e questiona a existência de um prazo tão longo - um ano antes do Mundial.

Nas consultas feitas pela CBF, a Fifa não responde com clareza sobre o veto, de acordo com os brasileiros. A entidade internacional não proíbe o atleta de jogar, mas recomenda que o jogador cumpra o prazo de descanso.

A confederação brasileira não pretende comunicar mais nenhum clube nesta quinta sobre algum veto a mais na rodada do fim de semana do Campeonato Brasileiro.

A entidade espera receber uma resposta da Fifa ainda nesta quinta ou até a manhã desta sexta por conta do fuso horário, já que a federação internacional fica na Suíça, cinco horas na frente.

Mesmo assim, a CBF não pretende divulgar a lista dos 12 suplentes. A ideia é avisar apenas os times brasileiros, por conta do torneio nacional. Se o veto for mantido, os atletas de clubes brasileiros na lista vão desfalcar suas equipes pelas próximas seis rodadas do Brasileiro.

+ SOBRE ESPORTES

As federações nacionais são obrigadas pela entidade que comanda o futebol mundial a apresentar uma lista de 35 jogadores que contenha, além dos convocados para a Copa, outros possíveis suplentes. A relação ampliada serve para que a Fifa tenha conhecimento dos possíveis substitutos dos 23 convocados caso algum jogador venha a ser cortado por lesão.

As seleções classificadas para a Copa podem pedir a troca de um jogador machucado por outro (não obrigatoriamente da lista) até 24 horas antes da primeira partida da equipe no Mundial –o Brasil estreia no dia 17 de junho contra a Suíça. (Folhapress)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório