Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Grupo H completa primeira rodada da Copa nesta terça

Ao contrário dos outros sete grupos, todas as quatro seleções possuem chances concretas de avançar para a próxima fase

Grupo H completa primeira rodada da Copa nesta terça
Notícias ao Minuto Brasil

06:01 - 19/06/18 por Ansa, Renan Tanandone

Esporte equilíbrio

Com Polônia, Senegal, Colômbia e Japão, o grupo H é visto como o mais equilibrado da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.   

Ao contrário dos outros sete grupos, todas as quatro seleções possuem chances concretas de avançar para a próxima fase, mas poloneses e colombianos saem na frente. Senegal e Japão, mesmo que estejam tecnicamente atrás, vão lutar jogo a jogo para tentar surpreender.   

+ SOBRE ESPORTES

Azarão: - Treinado por Akira Nishino, que assumiu o comando do Japão em abril deste ano, no lugar do bósnio Vahid Halihodzic, os contestados "Samurais Azuis" chegam ao Mundial como zebra no grupo H.   

A seleção japonesa resolveu apostar em jogadores experientes, como o goleiro Eiji Kawashima, de 35 anos, e o meia Makoto Hasebe, de 34. Para não fazer feio na Copa, as esperanças japonesas estão depositadas no meio-campista Keisuke Honda, do Pachuca, autor de 10 gols na temporada e grande destaque do clube mexicano.   

Além dele, outros importantes jogadores do Japão são o atacante Shinji Okazaki, do Leicester, e o meia Shinji Kagawa, do Borussia Dortmund.   

Corre por fora - A seleção senegalesa retorna à Copa após ter surpreendido no Mundial de 2002, quando chegou nas quartas de final. Em 2018, treinada por Aliou Cissé, Senegal garantiu sua vaga nas Eliminatórias de forma invicta, superando as seleções de Burkina Fasso, África do Sul e Cabo Verde. Essa será a segunda Copa do Mundo disputada pelos senegaleses.   

Com um ataque eficiente, as grandes estrelas dos "Leões de Teranga" são os centroavantes Sadio Mané, do Liverpool, e Keita Baldé, do Monaco. Juntos, eles somam 18 gols na temporada. Entre outros destaques de Senegal estão os defensores Salif Sané, do Hannover, e Kalidou Koulibaly, do Napoli.   

Favoritos - Após ter ficado de fora dos Mundiais de 2010 e 2014, a Polônia retorna para a Copa querendo ir além da fase de grupos, fazendo seus torcedores sonharem alto. Sob o comando de Adam Nawalka, a Polônia é liderada pelo atacante e capitão Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, um dos maiores ídolos da história do futebol do país, ao lado de Grzegorz Lato, que levou os poloneses a dois terceiros lugares nos Mundiais de 1974 e 1982.   

O artilheiro dividirá o protagonismo com o meia Piotr Zielinski, do Napoli, o zagueiro Kamil Glik, do Monaco, e o goleiro Wojciech Szczesny, da Juventus. A Colômbia, por sua vez, se classificou por pouco nas Eliminatórias sul-americanas e tentará chegar mais longe do que em 2014. Na ocasião, os colombianos foram eliminados nas quartas pelo Brasil.   

Treinada pelo argentino José Pekerman, a Colômbia contará com a pontaria apurada e a habilidade do atacante Falcão García, do Monaco. Além dele, o meio-campista James Rodríguez, do Bayern de Munique, também será um dos destaques da seleção colombiana.   O veloz e habilidoso meio-campista Juan Cuadrado, da Juventus, e o atacante Carlos Bacca, do Villarreal, serão as outras apostas da Colômbia.   

Fique de olho - Autor de 29 gols na temporada e ídolo de uma geração da Polônia, o atacante Robert Lewandowski é o jogador para ficar de olho neste grupo H. O atleta de 29 anos foi providencial na conquista do Bayern de Munique no Campeonato Alemão, além de ter sido o grande líder da classificação polonesa para a Copa do Mundo.   Bom no jogo aéreo, habilidoso e fatal dentro da área, Lewandowski busca fazer história neste Mundial, levando a Polônia longe na competição. (ANSA)

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório