Meteorologia

  • 27 MAIO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Variação de estilo e contra-ataque são virtudes do México

A comissão técnica do time brasileiro chegou a essas conclusões após um relatório feito em cima de dez vídeos com os jogos do adversário

Variação de estilo e contra-ataque são virtudes do México
Notícias ao Minuto Brasil

04:30 - 02/07/18 por Folhapress

Esporte Seleção

Um adversário que tem como ponto forte o contra-ataque e a variação frequente de estilos de jogo mantendo a mesma base. É assim que a seleção avalia o México, rival nas oitavas de final da Copa do Mundo nesta segunda-feira (2), às 11h (horário de Brasília), em Samara.

A comissão técnica do time brasileiro chegou a essas conclusões após um relatório feito em cima de dez vídeos com os jogos do adversário no período anterior à Copa do Mundo e das três partidas do adversário na primeira fase do Mundial, reunindo mais de mil minutos.

O relatório já foi entregue por observadores técnicos brasileiros para a comissão técnica. Assim que recebeu o conteúdo, Tite e os auxiliares Cleber Xavier, Sylvinho e Matheus Bachi, além de Fernando Lázaro, analista de desempenho do time brasileiro, começaram a trabalhar com as informações sobre o México.

A reunião foi realizada na manhã de sexta-feira (29) no hotel onde a seleção está concentrada, em Sochi (pronuncia-se Sôtchi).

O trabalho de pesquisa do México em partidas anteriores ao início do Mundial foi feito por Fábio Moreno, analista de desempenho do Fluminense. Ele está na equipe carioca desde o início de 2017 e trabalhou como observador técnico da seleção olímpica na conquista do ouro inédito na Rio-2016.

Já os três jogos do time comandado pelo técnico colombiano Juan Carlos Osorio no Mundial da Rússia foram observados pelos analistas Maurício Dulac, Carlos Bressane e Bruno Baquete.

Eles assistiram aos triunfos mexicanos sobre a Alemanha e a Coreia do Sul e ao revés diante da Suécia.

No relatório apresentado para Tite, constam tópicos como a transição defensiva e ofensiva e o momento ofensivo e defensivo, além de bola parada, modelo de jogo e análise individual de cada um dos atletas da seleção do país da América do Norte.

Uma das situações observadas é que a equipe mexicana tem volantes que constroem as jogadas e o contra-ataque, arma usada na surpreendente vitória sobre a Alemanha, pela primeira rodada.

A comissão técnica brasileira também admite que muita coisa pode ser modificada, já que Osorio, ex-técnico do São Paulo, pensa cada jogo de maneira diferente.

"O treinador deles é muito esperto, trabalhou no São Paulo, e já me falaram muito bem dele. Tenho certeza de que ele vai querer nos surpreender", disse o volante Casemiro.

Ele e os demais jogadores devem receber individualmente vídeos sobre o comportamento da equipe mexicana com pontos fortes e fracos.

Como a classificação pode ser decidida nos pênaltis, os goleiros também terão um relatório dos principais cobradores do adversário.

A comissão técnica da seleção brasileira iniciou o acompanhamento de todos as equipes classificadas para a Copa do Mundo em setembro do ano passado.

Na oportunidade, ficou definido após a realização de um sorteio quais clubes da Série A do Campeonato Brasileiro de 2017 iriam analisar os países classificados para o Mundial.

"Montamos um modelo de relatório que contempla a questão tática dos adversários como um todo, principalmente a forma de jogar e a análise individual dos atletas. Além do relatório, os analistas produzem vídeos exemplificando as situações de jogo, como ilustração do que está no documento", afirmou Fernando Lázaro, coordenador do CPA (Centro de Pesquisa e Análise) da CBF. Com informações da Folhapress. 

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório