Meteorologia

  • 14 AGOSTO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Palmeiras gasta R$ 23 mi por fim de ações de ex-atletas e parceiros

Time alviverde ainda pode ter mais R$ 83 milhões para desembolsar em curto prazo

Palmeiras gasta R$ 23 mi por fim de ações de ex-atletas e parceiros
Notícias ao Minuto Brasil

06:55 - 11/08/18 por Folhapress

Esporte Justiça

O Palmeiras pagou, desde o meio do ano passado, mais de R$ 23 milhões por processos movidos contra o clube por ex-jogadores, parceiros e funcionários.

O time alviverde ainda pode ter mais R$ 83 milhões para desembolsar em curto prazo, também por ações que correm na Justiça, caso não consiga fazer novos acordos.

As informações estão em documento interno do clube aos quais a reportagem teve acesso. Os gastos incluem ações cíveis, movidas por empresários e advogados que cobravam luvas e honorários, e também dívidas com ex-atletas do clube por direitos de imagem e arena.

Entre os pagamentos que o clube teve que fazer recentemente estão R$ 712 mil ao ex-volante Marcos Assunção.

Ele cobrava a equipe na Justiça por direitos de imagem atrasados durante o período em que defendeu o clube, de 2010 a 2012.

A dívida com Assunção fez o Palmeiras ter suas rendas penhoradas em partidas no Allianz Parque em 2015. Com o fim do processo, o clube liberou as receitas de bilheteria.

O zagueiro Lúcio recebeu mais de R$ 2 milhões por atrasos salariais e de rescisão contratual do período em que defendeu o clube, de 2014 a 2015.

A disputa judicial se arrastou por alguns anos, até o atleta vencer e conseguir receber os pagamentos. Hoje, ele defende o Brasiliense.

Outra ação em que o Palmeiras teve prejuízo foi movida pela empresa Think Ball, do agente Marcelo Robalinho.

O empresário queria R$ 600 mil em comissão na contratação do meia-atacante Dudu, hoje capitão e ídolo da equipe alviverde, além de mais de R$ 100 mil no empréstimo de Gabriel Girotto junto ao Monte Azul. No total, o Palmeiras pagou R$ 830 mil.

Outro pagamento, de R$ 1,7 milhão, foi para Claudecir, que atuou no clube no início dos anos 2000. O ex-volante, hoje com 42 anos, ficou cinco anos no time alviverde, com dois empréstimos para o São Caetano no período.

O advogado Antonio Jurado Luque também integra a lista. Ele cobrou o clube por honorários advocatícios em 20 ações nas quais defendeu o time alviverde na Justiça. Por isso, após ingressar com processo, levou R$ 1,6 milhão.

Marcelo Costa (R$ 1,3 milhão), Willians Santana (R$ 1,2 milhão), Alex Mineiro (R$ 1 milhão), Tiago Heleno (R$ 930 mil), Cristian (R$ 550 mil), Leonardo Silva (R$ 530 mil), Marcinho Guerreiro (R$ 415 mil), Danilo (R$ 405 mil), Gustavo (R$ 360 mil) e Paulo Sérgio (R$ 310 mil), são outros que levaram dinheiro da equipe por processos judiciais, segundo o documento do clube.

Ainda existem outras transações que renderam pagamentos a agentes de atletas.

A empresa Rosa & Garbin levou R$ 2,4 milhões pela contratação de Thiago Treichel, em 2006 -na ocasião, o jogador foi dispensado pelo técnico Tite por deficiência técnica. A mesma empresa recebeu, por Rodrigo Mancha, mais R$ 640 mil.

Já a passagem do volante Gabriel Silva pelo Palmeiras rendeu prejuízo de quase R$ 3 milhões, distribuídos entre as empresas C2B e DIS, que pertencem ao Grupo Sonda.

Outros pagamentos menores de dezenas de processos judiciais aos quais o clube alviverde enfrentou somaram mais R$ 3 milhões.

O Palmeiras se preocupa com as ações que ainda serão cobradas. Algumas delas estão listadas na documentação a que a reportagem teve acesso. São incluídos processos que já tiveram sentenças contrárias ao clube. As ações são anteriores à gestão de Mauricio Galiotte na presidência.

O ex-atacante e hoje comentarista esportivo Denilson, por exemplo, deve levar R$ 900 mil. O jogador cobra por direitos de arena -cachês por luvas pagas pela televisão- do período em que defendeu a equipe alviverde, nos anos 2008 e 2009.

Dinei (R$ 3 milhões), Lincoln (R$ 2,2 milhões), Diego Souza (R$ 2 milhões), Nen (R$ 1,8 milhão), Rivaldo Souza (R$ 1,7 milhão), Valdivia (R$ 1,6 milhão), Marcão (R$ 1,4 milhão), Dininho (R$ 1,4 milhão), Edmundo (R$ 1,1 milhão), João Carlos (R$ 900 mil) e Robert (R$ 550 mil) e são outros jogadores com passagem pelo Palmeiras que devem receber em breve por ações judiciais.

Alguns deles, como Denilson e Edmundo, foram procurados pela reportagem para comentar as ações, mas pediram para não se manifestar.

A maior quantia a ser desembolsada pelo clube, por outro lado, deve vir de processos movidos por empresas ou agentes.

A Palmital está para receber mais de R$ 8 milhões pela contratação do ex-atacante Basílio junto ao Coritiba, em 2000. A FAAP (Federação das Associações de Atletas Profissionais), que leva percentual na venda de jogadores, tem aproximadamente R$ 1,2 milhão para receber.

De acordo com a planilha oficial do clube, outros R$ 40 milhões são colocados como possível pagamento ao empresário Antenor Angeloni, que processa o time pelo investimento feito na compra de Wesley, em 2012.

O valor inicial do processo é de R$ 21 milhões, valor desembolsado para trazer o volante do Werder Bremen.

Na ocasião, a transferência só se concretizou graças a um acordo com o empresário, após campanha de financiamento coletivo fracassada que só arrecadou R$ 800 mil.

O investidor foi à Justiça depois de não conseguir reaver o valor colocado no Palmeiras para adquirir Wesley. Com os juros, a dívida estaria em R$ 40 milhões, calcula o time alviverde.

No ano passado, a equipe ofereceu na Justiça os direitos econômicos do volante Felipe Melo para os empresários.

Agora, a diretoria vem tentando acordo com todos os que ainda processam o clube, de olho em acordos que possam diminuir o prejuízo de R$ 83 milhões.

A ideia do presidente palmeirense, Maurício Galiotte, é encerrar as dívidas judiciais nos próximos meses.

Procurado, o Palmeiras disse que não comenta processos judiciais em andamento. Com informações da Folhapress. 

+ Ex-campeão do UFC diz ter sido abusado por médico

Dívidas do Palmeiras com ex-jogadores:

JÁ RECEBERAM

Lúcio R$ 2 milhões

Marcelo Costa R$ 1,3 milhão

Willians R$ 1,2 milhão

Alex Mineiro R$ 1 milhão

Tiago Heleno R$ 930 mil

Marcos Assunção R$ 712 mil

Danilo R$ 405 mil

PODEM RECEBER EM BREVE

Dinei R$ 3 milhões

Lincoln R$ 2,2 milhões

Diego Souza R$ 2 milhões

Rivaldo Souza R$ 1,7 milhão

Valdivia R$ 1,6 milhão

Marcão R$ 1,4 milhão

Dininho R$ 1,4 milhão

Edmundo R$ 1,1 milhão

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório
Open element in lightbox Open element in lightbox
Competição
Quer ganhar um
iPhone X no valor de R$ 7.799? Não, obrigado

Notícias ao Minuto
Inscreva-se agora e concorra ao
SMARTPHONE
Mais cobiçado do momento
Complete as 5 etapas para participar
Notícias ao Minuto