Meteorologia

  • 19 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Atlético de Madrid conquista Supercopa contra o Real Madrid

O Atlético bateu o Real Madrid de virada por 4 a 2, na prorrogação, após empate por 2 a 2 no tempo normal

Atlético de Madrid conquista Supercopa contra o Real Madrid
Notícias ao Minuto Brasil

19:04 - 15/08/18 por FolhaPress

Esporte comemoração

O sonho do Atlético de Madrid de conquistar um título europeu em cima do maior rival, enfim, se concretizou. Nesta quarta-feira (15), a equipe treinada por Diego Simeone (que cumpriu suspensão e assistiu ao jogo das tribunas) bateu o Real Madrid de virada por 4 a 2, na prorrogação, após empate por 2 a 2 no tempo normal, e conquistou o título da Supercopa da Europa.

O jogo, que marca a abertura da temporada 2018-19 na Europa e reúne os atuais vencedores da Liga dos Campeões e da Liga Europa, foi disputado em Tallinn, na Estônia.Diego Costa, duas vezes, Saúl e Koke anotaram os gols do Atlético, que chegou ao nono título na "era Simeone", no comando do time desde 2011. Benzema e Sergio Ramos, de pênalti, descontaram. Foi a terceira vez que os Colchoneros conquistaram a Supercopa, mantendo 100% de aproveitamento em finais do torneio -ganhou também em 2010 e 2012.

Pela primeira vez decidindo um título sem o atacante português Cristiano Ronaldo, negociado com a Juventus, o Real agora treinado por Julen Lopetegui não perdia uma decisão de título europeu desde 2000.

O início da era Lopetegui no comando do Real Madrid deu indícios de como ficará a equipe sem Cristiano Ronaldo. Na formação que foi a campo na Supercopa, Benzema ficou isolado à frente de uma linha ofensiva com quatro jogadores: Casemiro e Kroos mais centralizados, Asensio e Bale como pontas. Antes ofuscada por CR7, a dupla Bale-Benzema foi participativa no tempo normal, mas cansou na prorrogação.

Principais reforços do Real para esta temporada, o goleiro Courtois não foi relacionado para o duelo e o atacante Vinicius Júnior começou no banco, mas não entrou nem na prorrogação, em que Lopetegui teve direito a uma substituição extra. Já o Atlético estreou como titular o meia francês Lemar, contratado por quase R$ 320 milhões.

O destaque da partida foi Diego Costa. O brasileiro, naturalizado espanhol, esbanjou oportunismo e marcou o primeiro gol da partida aos 50 segundos, o mais rápido da história das finais das competições europeias. Ele ganhou de Sergio Ramos pelo alto, deixou Varane para trás e chutou forte e cruzado, entre a trave esquerda e a mão de Navas.

Não foi apenas o Atlético que demonstrou presença de área na Supercopa da Europa. O Real marcou o seu primeiro gol na final com Benzema, aos 26 minutos do primeiro tempo, que escorou de cabeça o cruzamento de Bale pela esquerda para empatar em 1 a 1.

A eficiência de Sergio Ramos transcende o setor defensivo. Nesta quarta, ele se tornou o primeiro jogador do Real Madrid a fazer gol em duas finais de Supercopa da Europa (2016 e 2018). O zagueiro anotou de pênalti, aos 17 minutos do segundo tempo, em lance que Juanfran colocou o braço na bola após cobrança de escanteio.

Diego Costa, porém, voltou a marcar. Aos 33 minutos, ele escorou cruzamento rasteiro de Correa e anotou o segundo gol do Atlético, levando a partida para a prorrogação.

No tempo extra, o Atlético "passeou". Se na final da Liga dos Campeões de 2014, o Real se aproveitou do cansaço do adversário para triunfar na prorrogação, agora veio a revanche. O time de Simeone se impôs fisicamente e marcou duas vezes, com Saúl, aos 7min, e Koke, aos 13min, garantindo o primeiro título da temporada para o Atlético de Madri.

REAL MADRID

Navas; Carvajal, Sergio Ramos, Varane, Marcelo; Casemiro (Ceballos), Kroos (Borja Mayoral), Isco (Lucas Vázquez); Bale, Asensio (Modric), Benzema. T.: Julen Lopetegui

ATLÉTICO DE MADRID

Oblak; Juanfran, Savic, Godín, Lucas Hernandéz; Rodrigo (Vitolo), Koke, Saúl, Lemar (Thomas); Diego Costa (Giménez), Griezmann (Correa). T.: German Burgos (assistente de Diego Simeone, que cumpriu suspensão).

Estádio: Lilleküla Stadium, em Tallinn (Estônia)Juiz: Szymon Marciniak (Polônia)Cartões amarelos: Asensio, Marcelo, Ceballos. Modric, Sergio Ramos (Real); Correa, Diego Costa (Atlético)Gols: Diego Costa, aos 50 segundos do primeiro tempo e aos 33min do segundo tempo, Saúl, aos 7min do primeiro tempo da prorrogação, e Koke, aos 13min do primeiro tempo da prorrogação (Atlético); Benzema, aos 26min do primeiro tempo, e Sergio Ramos (de pênalti), aos 17min do segundo tempo (Real)

Com informações da Folhapress.

PARTICIPE: Campanha do Notícias ao Minuto dá iPhone X de R$ 7.799

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório