Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Chapecoense marca nos acréscimos e vence Atlético-MG

Doffo, aos 47min do segundo tempo, decretou a recuperação do time catarinense, que havia perdido nas últimas duas rodadas do Campeonato Brasileiro

Chapecoense marca nos acréscimos e vence Atlético-MG
Notícias ao Minuto Brasil

18:23 - 06/10/18 por Folhapress

Esporte 1 a 0

A Chapecoense contou com um gol nos acréscimos para vencer o Atlético-MG por 1 a 0, neste sábado (6), na Arena Condá. Doffo, aos 47min do segundo tempo, decretou a recuperação do time catarinense, que havia perdido nas últimas duas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Ambos os times tiveram poucas chances de marcar, mas o mandante aproveitou brecha pelo lado direito da defesa atleticana para deixar a sua marca no confronto.

No gol decisivo, a Chapecoense também contou com um pouco de sorte. Bruno Silva recebeu em profundidade pela esquerda e ajeitou para Doffo. O argentino cruzou, mas a bola desviou em Leonardo Silva, que tentou bloqueá-lo, e encobriu o goleiro Victor, entrando no ângulo esquerdo.

Com o resultado, o Atlético-MG se manteve na sexta colocação do torneio nacional, com 45 pontos, seis a mais que o Santos, sétimo. A Chapecoense, por sua vez, deixou a zona de rebaixamento, chegando aos 31 pontos. O triunfo dos catarinenses empurrou o vasco, que na terça-feira enfrentará o Botafogo, para o grupo da degola.

Doffo foi o principal nome da Chapecoense e da partida ocorrida na tarde deste sábado (6) na Arena Condá. O meia-atacante fez um jogo razoável durante os 90 minutos, criando algumas jogadas. Ele foi o terceiro que mais acertou passes pela Chape no confronto - 22 ao todo. Mas o que o consagrou como principal nome da partida foi o gol nos acréscimos.

+ Real chega a 400 minutos sem marcar, perde no fim e amplia má fase

O Atlético-MG não teve dois de seus principais jogadores por contusão (Ricardo Oliveira e Cazares). Além disso, contou com uma jornada apagada de Chará. O colombiano teve dificuldades no setor de criação e não usou a velocidade que está acostumado para chegar ao setor ofensivo. Pelo contrário. Foi presa fácil para a marcação do rival e ficou entre os que mais sofreu desarmes no confronto.

Na próxima rodada, o Atlético-MG tentará a reabilitação diante do América-MG, no dia 14, no estádio Independência. Já a Chapecoense terá um confronto direto na luta contra a zona de rebaixamento. O adversário é o Vitória, no mesmo dia.

CHAPECOENSE

Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Douglas, Bruno Pacheco; Elicarlos (Amaral), Barreto, Diego Torres (Yann Rolim); Doffo, Vinicius (Bruno Silva), Leandro Pereira.

T.: Guto Ferreira

ATLÉTICO-MG

Victor; Emerson, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; José Welison, Elias, Matheus Galdezani (David Terans), Luan (Leandrinho); Yimmi Chará (Tomás Andrade), Denilson.

T.: Thiago Larghi

Estádio: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Cartão amarelo: Doffo, Eduardo, Bruno Pacheco (Chapecoense); David Terans, Elias (Atlético-MG)

Gol: Doffo, aos 47min do segundo tempo

Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório