Meteorologia

  • 14 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Meia do Barça é indiciado por agredir cantor e invadir hospital armado

Arda Turan pode pegar 12 anos de prisão

Meia do Barça é indiciado por agredir cantor e invadir hospital armado
Notícias ao Minuto Brasil

08:18 - 17/10/18 por Estadao Conteudo

Esporte Arda Turan

O gabinete da Procuradoria da Turquia apresentou acusações contra Arda Turan, jogador do Barcelona que está emprestado ao Basaksehir, por vários supostos delitos cometidos durante uma briga em uma casa noturna e pelos quais pede 12,5 anos de prisão ao atleta.

O promotor considera que Turan cometeu os crimes de "assédio sexual", "violação à segurança geral", "lesões intencionais" e "porte de arma sem licença", relata o jornal turco Hürriyet.

+ Apoio a Bolsonaro faz Gaúcho perder status de embaixador do Barcelona

A queixa contra o jogador parte do cantor Berkay Sahin, que teve uma briga com Turan em uma boate popular de Istambul no início da manhã da última quarta-feira. Segundo a imprensa turca, o jogador assediou a mulher do artista, Özlem Ada, no bar, e motivou um confronto em que o atleta quebrou o nariz de Sahin com uma cabeçada.

Notícias ao Minuto

O casal foi para um hospital próximo, onde Turan teria entrado ao perseguir o cantor e ainda disparado um tiro com a sua arma, sem causar ferimentos. Segundo a versão do jogador, ele não sabia que Özlem Ada era casado e foi para o hospital pedir desculpas a Sahin, ocasião em que um tiro de sua arma foi disparado acidentalmente, informou o canal de TV CNNTürk.

O promotor também preparou uma acusação contra o cantor por "insultos" proferidos durante o conflito e pediu dois anos de prisão ao artista.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório