Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Corinthians perde recurso e taça de Mundial volta a ser penhorada

Mesmo com a penhora, a Justiça não deve fisicamente tomar o troféu conquistado no Japão

Corinthians perde recurso e taça de Mundial volta a ser penhorada
Notícias ao Minuto Brasil

20:34 - 20/03/19 por Folhapress

Esporte TJ

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians perdeu o recurso que suspendia a penhora da taça do Mundial de Clubes da Fifa de 2012. O caso foi julgado no TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) nesta quarta-feira (20), com vitória do Instituto Santanense de Ensino Superior.

Em nota, o clube informou não ter sido comunicado sobre a decisão. "De todo modo, o Corinthians assegura a sua torcida que o imbróglio judicial será resolvido e não considera que a prestigiada e inestimável taça esteja em risco", disse.

A medida ocorreu em uma cobrança do Santanense por conta de uma dívida entre R$ 2,5 milhões e R$ 4,5 milhões, segundo a universidade. Antes da taça, a defesa do Santanense tentou penhorar a conta bancária do Corinthians e até o dinheiro da venda do meia Rodriguinho para o exterior no ano passado.

+ Copa: Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai terão candidatura unificada

O Corinthians perdeu no TJ-SP por três votos a zero. A decisão já publicada foi dos desembargadores Paulo Pastore Filho, João Batista Vilhena e Souza Lopes.

Mesmo com a penhora, a Justiça não deve fisicamente tomar o troféu conquistado no Japão. Por ora, o clube fica impedido de fazer atividades com a taça, ou até mesmo mesmo vendê-la ou tirá-la do país, pois o objeto seria colocado a leilão no futuro caso realmente a dívida não seja quitada.

Leia nota oficial do Corinthians sobre o caso:

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que não foi intimado pela Justiça sobre qualquer decisão acerca do recurso atinente à penhora da taça do Mundial de 2012 e, portanto, não teve acesso ao teor da suposta decisão veiculada por alguns veículos de comunicação na rede mundial de computadores.

A agremiação trabalha para solucionar o caso e reiteradas vezes ofereceu propostas de acordo, inclusive recentemente propôs parcelamento do valor da referida dívida alegada pelo Instituto Santaense em 6 vezes, à semelhança do que é autorizado por Lei em casos de execução.

O clube aguardará a decisão da Justiça acerca do pedido de parcelamento, bem como aguardará a publicação do acórdão referente à penhora, para voltar a se manifestar.

De todo modo, o Corinthians assegura a sua torcida que o imbróglio judicial será resolvido e não considera que a prestigiada e inestimável taça esteja em risco, sendo a penhora medida que tem como único intuito gerar efeito midiático infundado que não condiz com as tratativas que até então vinham sendo mantidas."

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório