Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Húngaro de 19 anos bate recorde de Phelps e brilha nos 200m borboleta

Milak anotou a marca de 1min50s73, deixando para trás o tempo de 1min51s51 registrado por Phelps em 2009

Húngaro de 19 anos bate recorde de Phelps e brilha nos 200m borboleta
Notícias ao Minuto Brasil

12:00 - 24/07/19 por Estadao Conteudo

Esporte Natação

O nadador húngaro Kristof Milak superou o aposentado Michael Phelps nesta quarta-feira para registrar o segundo recorde deste Mundial de Esportes Aquáticos, em Gwangju, na Coreia do Sul. O atleta de apenas 19 anos quebrou marca anterior estabelecida pelo norte-americano ao vencer a prova dos 200 metros borboleta.

Milak anotou a marca de 1min50s73, deixando para trás o tempo de 1min51s51 registrado por Phelps em 2009, na época em que os chamados supermaiôs ainda eram permitidos. Trata-se do segundo recorde deste Mundial. O primeiro foi obtido pelo britânico Adam Peaty nos 100m peito, ainda na semifinal.

Milak foi medalhista de prata nos 100m borboleta em Budapeste, no Mundial de 2017, e é o atual campeão europeu. O húngaro é considerado uma das principais promessas desta nova geração.

O japonês Daiya Seto obteve a prata nesta quarta, com 1min53s86, e o sul-africano Chad le Clos faturou o bronze, com 1min54s15. O brasileiro Leonardo de Deus chegou na 7ª colocação, com 1min55s96.

O italiano Gregorio Paltrinieri faturou o ouro na prova dos 800 metros livre, com o tempo de 7min39s27. O norueguês Henrik Christiansen levou a prata, com 7min41s28, e o francês David Aubry ficou com o bronze, ao terminar a prova com o tempo de 7min42s08. O chinês Sun Yang, dono de dois ouros neste Mundial, foi apenas o sexto colocado com 7min45s01.

A natação italiana também se destacou no feminino. Federica Pellegrini se sagrou campeã mundial nos 200 metros livre, com 1min54s22. Assim, subiu ao pódio pela oitava vez consecutiva nesta prova. Ela foi campeã mundial em 2009, 2011, 2017 e 2019; faturou a prata em 2005, 2013 e 2015; e levou o bronze em 2007.

Com a grande performance desta quarta, ela não deu chance à australiana Ariarne Titmus, novamente candidata à surpresa na piscina sul-coreana. A nadadora de apenas 18 anos destronara a norte-americana Katie Ledecky nos 400m, prova na qual a favorita é tricampeã mundial. Nesta quarta, porém, Titmus não passou a prata, com 1min54s66. A sueca Sarah Sjoestroem, medalha de prata nos 100m borboleta, levou o bronze nos 200m livre, com 1min54s78.

Na final do revezamento misto 4x100 metros medley, a Austrália brilhou nesta manhã (horário de Brasília), ao desbancar os Estados Unidos. Os australianos bateram na frente com o tempo de 3min39s08. O time campeão mundial foi formado por Mitchell Larkin, Matthew Wilson, Emma Mckeon e Cate Campbell. A equipe americana completou a distância em 3min39s10 e o bronze foi para a Grã-Bretanha, com a marca de 3min40s68.

Transmissões ao vivo dos jogos dos principais times do Brasileirão!

Veja resultados, notícias, entrevistas, fotos, vídeos e os bastidores do mundo do esporte

Obrigado por ter ativado as notificações do Esporte ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório