Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Demi Moore lembra quando quase morreu por overdose e sexo a três

Essas e outras revelações estão na sua autobiografia "Inside Out"

Demi Moore lembra quando quase morreu por overdose e sexo a três
Notícias ao Minuto Brasil

23:30 - 20/09/19 por Folhapress

Fama DEMI-MOORE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A atriz Demi Moore, 56, faz revelações bombásticas em sua autobiografia intitulada "Inside Out". Dentre elas a experiência de quase morte quando teve uma overdose durante uma festa e também detalhes picante sobre a relação amorosa com Ashton Kutcher, 41.

Segundo o Radar Online, Demi conta que quase morreu durante uma festa dada em sua mansão meses depois de ela se separar do ator, em 2012. "Tudo ficou embaçado e eu podia ver a mim mesma de cima. Eu estava flutuando acima do meu corpo, rodopiando e parecia que essa talvez fosse minha chance: eu podia deixar a dor e vergonha da minha vida para trás", disse ela.

Quando começou a convulsionar, paramédicos foram chamados e a levaram para o hospital, onde se recuperou. Ela havia inalado óxido nitroso e fumado maconha sintética. Depois disso, se internou em uma clínica de reabilitação.

Mas não foi só com drogas que Demi se envolveu. De acordo com o Radar Online, em outro trecho ela revela que Ashton Kutcher a fez voltar a beber após 20 anos. Eles foram casados por sete anos.

E por falar no astro, ele também é citado em outro momento do livro. De acordo com o site, a atriz revela ter passado por duas noites de sexo a três, com ele e mais uma mulher, para satisfazer fetiches do ex-marido. E que isso foi o seu pior erro, já que ela conta que foi traída por ele. 

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório