Casoy sobre política: 'Me considero equilibrado para emitir opinião'

O jornalista também relembrou grandes momentos de sua carreira em entrevista para Mariana Godoy

© Artur Igrecias / Divulgação RedeTV!
Fama TV 09:13 - 18/10/16 POR Notícias Ao Minuto

Antes de sua estreia no comando do ‘RedeTV News’ ao lado de Amanda Klein, Boris Casoy relembrou em um bate-papo no ‘Mariana Godoy Entrevista’ os momentos de sua infância, carreira e contou como veio o convite para trabalhar na emissora.

PUB

“Franz Vacek, superintendente de jornalismo da RedeTV!, me telefonou há uns quatro ou cinco meses e no começo pensei que fosse um trote”, brincou. “Almoçamos e contei pra ele que meu contrato na Band terminava em setembro. Mês passado voltamos a falar e aqui estou”, disse.

Sobre a antiga emissora na qual trabalhava, Boris revelou que gostava de lá, apesar de considerar seu horário um pouco ruim. “Chegava na redação 20h30 e ia até às 2h00, indo dormir só umas 4h00. Não podia ir ao teatro, ao cinema, tinha pouco tempo pra leitura porque precisava me informar e dormia de manhã. Isso me cansou. Já tinha dito lá que queria me aposentar, mas então conversei com o Franz e algumas coisas mudaram”, afirmou.

Durante a entrevista, o profissional explicou porque, mesmo com sua grande bagagem jornalística, não pensa em escrever um livro. “Trabalhei em um grande jornal de São Paulo durante 15 anos, escrevendo para uma coluna de bastidores. Com tudo isso, você vai conhecendo muitas pessoas. Ainda no governo militar, conheci muita gente e fui depositado com muitos segredos. Então imagino que não devo trair minhas fontes, ex-presidentes, ex-ministros, pessoas que confiaram em mim. Se escrevesse um livro com as coisas que ouvi, realmente quebraria um compromisso que fiz com essas pessoas”, pontuou.

Profissional reconhecido em todo o país, Boris opinou sobre a fusão entre as novas tecnologias e o meio das notícias e enfatizou: “Mesmo com as tecnologias, duas coisas não se transformaram: a notícia e a opinião. Elas vão sobreviver enquanto existir o outro, independente se será por internet, rádio, televisão, rede social”. Sobre sua trajetória enquanto primeiro âncora do cenário jornalístico nacional, afirmou: “Me considero equilibrado pra emitir opinião”.

Aproveitando o tema das tecnologias, o jornalista destacou que o contato intenso com os mais jovens no meio de trabalho é o segredo para manter-se atualizado. “No monstrinho virtual [Pokémon Go] não cheguei ainda. Como trabalho com muitos jovens na redação, acabo acostumando com todas essas coisas”.

Questionado por um internauta sobre o que ainda o motiva como profissional, Boris declarou: “O desafio é o próprio desafio: ir para a RedeTV! aos 75 anos de idade e com vontade de continuar fazendo um bom jornalismo, é o que me motiva”.

O convidado ainda aproveitou a ocasião para dar um recado otimista aos novos repórteres e jornalistas que estão entrando no mercado, sugerindo que todos se preparem muito bem.“Estudem, acompanhem a vida política, econômica e social do país, porque tem muita gente que não acompanha. Além disso, busquem ampliar seus conhecimentos, como, por exemplo, em economia, sociologia, leitura. Quem chega numa redação preparado, pode demorar, mas com certeza conquistará seu lugar”, finalizou.

Leia Também: Namorada responsabilizou Jim Carrey em bilhetes suicidas, diz site

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X