Galã de 'Malhação' revela amizade com Javier Bardem: "Parceiro"

Ricardo Vianna diz que o vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante em 2008 é um homem comum, como outro qualquer

© Arquivo Pessoal
Fama bonitões 16:47 - 01/12/16 POR Notícias Ao Minuto

Ostentando uma barriga saradíssima e olhos azuis, Ricardo Vianna brilhou em "Malhação - Pro dia nascer feliz", na pela de Giovane. Desde já, o rapaz diz não se incomodar com o rótulo de galã: "Não há como não gostar. E dificilmente na TV você não ocupa um nicho. Se é para ser galã que eu seja o melhor que puder ser", entrega.

PUB

Com apenas 24 anos, Ricardo já tem bagagem de gente grande. Tem uma filha, Cecília, já casou e já passou por divórcio. E mais: já morou fora do país e é amigo de ninguém menos que Javier Bardem, o astro do cinema espanhol, premiado em Hollywood.

Sobre a amizade com Bardem, ele entrega: "No primeiro dia de curso (Em Madri, Espanha), eu estava no vestiário trocando de roupa para começar a aula e ele chegou. ‘Prazer, Javier”, e eu também me apresentei. Pelo sotaque, ele me perguntou de onde eu era. Falei que era brasileiro e morava no Rio de Janeiro. E ele ama o Brasil. Começamos a conversar, ele me ajudou a preencher um documento e viramos parceiros nos dois meses em que estive em Madri", conta.

E diz que o vencedor do Oscar de melhor ator coadjuvante em 2008 é um homem comum, como outro qualquer. "Saíamos para jantar, trocamos muito. Vi que ele era uma pessoa comum como eu também sou. Falamos da dificuldade de viver de teatro, de ficar longe dos nossos amores. Ele me ouvia lamentar a distância da Cecília, me contou que ele também ficou longe da filha quando rodou um filme. Éramos dois caras falando sobre a vida. Obviamente, ele com um nome reconhecido mundialmente. Eu no meu caminho", compara, segundo informações do Extra.

O ator ainda compara o seu personagem em Malhação com o Ricardo da vida real. "Ele é um cara do bem, todo mundo torce para ele. Também sou assim, só que mais maduro", finaliza.

Leia também: 'A Lei do Amor' é criticada pela morte de personagem negro e gay

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X