Eleita mulher do ano, Taís Araújo se define: "Mais discurso que bunda"

Hoje a musa faz parte do time 'A' global, é engajada socialmente, defende a bandeira dos direitos das minorias

© Getty Images
Fama absoluta 13:12 - 01/12/16 POR Notícias Ao Minuto

O caminho de Taís Araújo ao estrelato na Globo foi longo. Depois de protagonizar a novela Xica da Silva na TV Manchete, aos 17 anos, a moça foi a primeira negra a ganhar o papel principal da emissora carioca em uma novela contemporânea, 'Da Cor do Pecado', em 2004.

PUB

Hoje a musa faz parte do time 'A' global, é engajada socialmente, defende a bandeira dos direitos das minorias e se autodefine "mais discurso do que bunda". E destaca a luta racial no Brasil: "Há um abismo entre as negras e as brancas".

"Eu sei que esses assuntos são chatos, densos, pesados, difíceis, mas têm de ser discutidos", declara, em entrevista à revista GQ."É a minha questão pessoal, da qual eu escolhi falar: eu sou uma mulher brasileira negra", define.

Taís atribui parte da força aos filhos, João (Vicente, 5 anos) e Maria (Antônia, quase 2): "Me deram um combustível enorme para fazer mais, trabalhar mais, lutar mais", finaliza.

Leia também: 'A Lei do Amor' é criticada pela morte de personagem negro e gay

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X