Apresentador vai pagar R$ 15 mil por chamar recepcionista de favelado

Testemunhas afirmam que ele também xingou o profissional de "pobre de m." e "vagabundo"

© TV Globo / Estevam Avellar
Fama Indenização 13:00 - 16/07/17 POR Notícias Ao Minuto

O apresentador Bruno De Luca foi condenado a pagar uma indenização de R$ 15 mil após ter chamado um recepcionista do hotel "Majestic" de favelado, de acordo com informações da revista "Veja São Paulo". O episódio aconteceu em Florianópolis, Santa Catarina, em 2009, mas o processo só acabou agora.

PUB

De acordo com a publicação, o apresentador brigou com o funcionário do local, depois que o rapaz pediu que Bruno diminuísse o volume do som em seu quarto.

+ Diretor de 'Malhação' teria destratado figurantes: 'Desgraçados'

Testemunhas afirmam que o recepcionista foi chamado de "favelado", "pobre de m." e "vagabundo", entre outros xingamentos, além de ter sido agredido fisicamente por uma amiga de Bruno, a atriz Lívia Lemos. Os dois estavam, ainda de acordo com testemunhas, aparentemente embriagados. O artista ainda pode, no entanto, recorrer da decisão.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows!

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

X