Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Atriz que denunciou agressões pede proteção policial: 'Não durmo'

Cristiane Machado gravou vídeos das agressões do marido para provar crimes

Atriz que denunciou agressões pede proteção policial: 'Não durmo'
Notícias ao Minuto Brasil

09:54 - 23/11/18 por Notícias Ao Minuto

Fama Medo

A atriz Cristiane Machado diz que tem medo de ser morta ou ver sua família assassinada após denunciar as agressões do marido, o empresário e ex-diplomata Sergio Schiller Thompson-Flores, que está foragido. A vítima acredita que o marido ainda esteja no Rio de Janeiro. Cristiane gravou vídeos das ameaças e agressões e fez a denúncia ao Fantástico no último domingo (18).

+ Kate Middleton está 'furiosa' com a rainha por regalias de Meghan

“Estou com muito medo. Estou me sentindo totalmente coagida. Meu advogado está tentando até proteção policial para mim”, disse a atriz ao G1, na tarde de quarta-feira (21), enquanto se encaminhava para a Delegacia de Mulheres, no Centro do Rio, para registrar outros fatos ao inquérito.

Notícias ao Minuto

“Vamos apresentar um aditivo à denúncia com uma relação de bens da minha cliente que foram destruídos por ele. Ele destruiu computador, celular, joias, roupas e até mesmo o HD com toda a vida de atriz dela”, explicou o representante da atriz, o advogado Sylvio Guerra.

Os vídeos, divulgados no Fantástico, foram gravados através de câmeras escondidas e mostram Thompson-Flores agredindo a companheira em vários pontos da casa. Uma das cenas mostra o empresário enforcando a atriz com um fio de carregador de celular. Sérgio Thompson-Flores teve a prisão preventiva decretada no dia 31 de outubro.

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório