Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Coreógrafa detona Justin Bieber: 'Pare de degradar mulheres'

A ex-coreógrafa do cantor reclamou das atitudes do artista

Coreógrafa detona Justin Bieber: 'Pare de degradar mulheres'
Notícias ao Minuto Brasil

21:30 - 04/07/19 por Folhapress

Fama Polémica

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois da polêmica envolvendo Taylor Swift e Scooter Braun (empresário de artistas como Ariana Grande e Justin Bieber), a ex-dançarina de Bieber Emma Portner resolveu se pronunciar sobre o apoio que o cantor tem dado a Braun e revelar situações pelas quais passou com ele.

"Eu me arrependo de ter trabalhado para você", diz ela em um texto publicado em seus stories, no Instagram. "Eu te dei meu corpo inocente, minha criatividade, meu tempo, meu esforço. Duas vezes. Para um conteúdo que você faturou milhões enquanto eu faturei zero, nada, nadinha. Menos que um salário mínimo para as horas que investi. Eu não tinha nem dinheiro para comer. Eu varria o chão de estúdios para poder praticar a minha própria profissão".

"A forma como você degrada mulheres é uma abominação", continuou. "Você continua a colaborar, excessivamente, com pessoas problemáticas. Você vai religiosamente para uma igreja que não apoia a comunidade LGBTQ+. Sua equipe contratou uma lésbica para o seu clipe e para coreografar alguns conteúdos da Purpose World Tour. Como você se sente em relação a isso? Uma lésbica, te ajudando, por uma quantia de dinheiro que é desrespeitosa, enquanto você vai a uma igreja que é contra a minha existência?"

Por fim, ela pediu que o cantor parasse de degradar mulheres e disse que ele tinha um poder imenso nas mãos. "Deveríamos estar de olho em você e no Chris Brown, já que os dois precisam ser responsáveis pelos seus atos", concluiu.

A denúncia feita por Portner, que também é mulher da atriz Ellen Page, veio após outras celebridades declararem seu apoio ou repúdio a Braun. 

Miley Cyrus, Britney Spears, Nicki Minaj, Rihanna, Katy Perry e Billie Eilish deixaram de seguir Braun nas redes sociais. A cantora Iggy Azalea tuitou: "E é por isso que estou feliz por ser a detentora de minhas próprias gravações deste novo álbum. Eles realmente fazem as pessoas ficarem loucas com a propriedade de sua propriedade intelectual nos negócios". 

Já cantores como Demi Lovato e Justin Bieber mostraram apoio ao empresário. 

ENTENDA O CASO

Taylor Swift, 29, usou as redes sociais no domingo (30) para publicar uma carta aberta ao empresário Scooter Braun, que acaba de comprar a Big Machine Records, gravadora que detém a maioria das gravações da cantora.

A venda, segundo a revista norte-americana Variety, não teria sido informada à artista, que já tem um histórico de problemas com Braun –na carta publicada, ela diz que teria vivido anos de "bullying e controle obsessivo" sobre a sua carreira, e que, por isso, está "triste e atordoada" com a novidade.

"Por vários anos eu pedi e implorei por uma chance de ser dona do meu próprio trabalho. Ao invés disso, eu tive a oportunidade de renovar com a Big Machine Records e 'ganhar' um álbum de volta de cada vez, um para cada novo que eu entregasse. Eu fui embora, porque sabia que, uma vez que assinasse esse contrato, Scott Borchetta venderia a gravadora, vendendo assim a mim mesma e o meu futuro", escreveu na carta, publicada em sua conta na rede social Tumblr. 

Sobre a compra da gravadora, ela diz que, quando soube, "tudo em que eu conseguia pensar era no incessante e manipulador bullying que sofri em suas mãos por anos".

Por conta da repercussão da carta de Swift, Bieber publicou uma foto dele, ainda jovem, ao lado da cantora e declarou apoio ao seu empresário. "Primeiro de tudo, gostaria de pedir desculpas por fazer aquela postagem maldosa no Instagram. Na hora pensei que era engraçado, mas olhando para trás foi desagradável e insensível. [...] Ele (Scooter) não tinha nada a ver com isso e não era mesmo uma parte da conversa. Ele mesmo me disse que não era para brincar com coisas assim. Scooter lhe protegeu desde o dia em que você, grandiosamente, me deixou abrir seus shows", escreveu o cantor.

"Você trazer isso à tona nas redes sociais e fazer com que as pessoas o odeiem não é justo. O que você estava tentando fazer postando este texto? Parece que isso tudo foi para obter simpatia e uma maneira de fazer com que os seus fãs ataquem Scooter [...] Tenho certeza de que Scooter e eu gostaríamos de conversar com você e resolver qualquer conflito, dor ou quaisquer sentimentos que precisem ser abordados. Nem Scooter, nem eu temos algo negativo a dizer sobre você, nós realmente queremos o melhor para você. Eu normalmente não rebato coisas como essas, mas quando você tenta manchar o caráter de alguém que eu amo, você está cruzando um limite".

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as notícias dos famosos, novelas, BBB e outros reality shows.

O mundo das celebridades com fotos, vídeos e noticias de actores, actrizes e famosos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Fama ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Brasil Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório