Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Briga entre vizinhos termina com idoso esfaqueado em SP

Uma briga entre vizinhos acabou em ataques à facas

Briga entre vizinhos termina com idoso esfaqueado em SP
Notícias ao Minuto Brasil

07:20 - 27/01/20 por Folhapress

Justiça Violência

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um idoso, de 64 anos, foi agredido com faca por um vizinho, um metalúrgico de 43 anos, por volta das 22h deste sábado (25), na rua Porto do Gaúchos, na Vila Ema (zona leste). Ambos foram socorridos pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levados para o Hospital Estadual da Vila Alpina. A vítima já recebeu alta e está na casa de parentes. O agressor segue internado.

Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), o idoso contou aos policiais militares que o vizinho estacionou o carro na frente da sua casa, atrapalhando a entrada e a saída da garagem. Quando foi reclamar, o homem o atingiu com um soco. Com medo, o idoso voltou para  dentro de casa. O metalúrgico arrombou a porta e passou a golpeá-lo com uma faca. Ambos entraram em luta corporal. O aposentado tentou se defender usando um facão para poda de plantas.

A briga foi presenciada por participantes de uma festa próxima ao local. "Estávamos fazendo um churrasco em casa quando ouvimos a gritaria. Sorte que tinha gente na varanda, que pode ver a briga e descer para separar, pois era para ter acontecido algo pior", disse um dos vizinhos que preferiu não se identificar.

Segundo uma outra moradora, o agressor estava bêbado na hora do crime. Ainda segundo ela, o metalúrgico tem histórico de problemas com a vizinhança. "Não é a primeira vez que ele arruma confusão com os moradores da rua. Quando bebe, ele fica muito alterado e agressivo com o pessoal", contou a mulher. Parentes do agressor não foram encontrados pela reportagem.

O idoso recebeu alta na manhã deste domingo (26) e, segundo os próprios moradores, está na casa de parentes. Já o agressor continua internado. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

Foram solicitados exames periciais ao IC (Instituto de Criminalística) e ao IML (Instituto Médico Legal). O caso foi registrado como tentativa de homicídio e violação de domicílio no 56º DP (Vila Alpina).

Campo obrigatório