Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem é agredido por seguranças após sair de trilhos do metrô de SP

O Metrô afirmou que as agentes envolvidas serão ouvidas "para que o caso seja esclarecido"

Homem é agredido por seguranças após sair de trilhos do metrô de SP
Notícias ao Minuto Brasil

09:00 - 28/02/20 por Folhapress

Justiça Violência

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um homem foi agredido por seguranças do metrô, por volta das 17h50 da segunda-feira (24) de Carnaval, após ele sair dos trilhos da estação República, da linha 3-vermelha, onde foi flagrado sentado, segundo imagens feitas por um celular. 

Ele e outro homem, que aparece nas imagens agredindo duas agentes do metrô, foram levados ao 2º DP (Bom Retiro), onde o caso foi registrado como lesão corporal. 

Segundo as imagens, o homem está sentado sobre os trilhos, impedindo que um trem chegue à estação. Em seguida, duas seguranças correm de encontro a ele, que sobe até a plataforma e caminha até uma escada rolante. 

Quando o homem sobe alguns metros da escada, uma das agentes consegue o segurar e o empurra até a plataforma de embarque. No momento em que ele é imobilizado, caído no chão, uma das seguranças desfere ao menos dois socos no rosto do homem, após ele agredi-la. 

Em seguida, o segundo envolvido no caso aparece, agredindo as seguranças, que também o seguram. Logo e seguida, ambos, de 19 e 33 anos, foram levados à delegacia. 

OUTRO LADO

O Metrô afirmou que as duas agentes serão ouvidas "para que o caso seja esclarecido". Acrescentou que analisa imagens para entender o caso. A reportagem apurou que as duas seguranças não foram afastadas do serviço. 

A companhia afirma que, pelo fato de o homem ter permanecido nos trilhos, "milhares de passageiros" tiveram suas viagens atrasadas, "porque  trechos do sistema metroviário foram desenergizados e os trens retidos em área de plataforma", diz trecho de nota. 

Sobre as agressões, o metrô afirmou que as duas agentes "se defenderam das agressões que receberam" dos dois homens. "Os funcionários fizeram exame de corpo de delito e o caso seguirá em averiguação pela autoridade policial", finaliza nota. 

Campo obrigatório