Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Motociclista morre após ser atingido por linha com cerol no Rio

Alex Leandro Silva Motta morreu após ser atingido por uma linha chilena

Motociclista morre após ser atingido por linha com cerol no Rio
Notícias ao Minuto Brasil

08:50 - 19/03/20 por Notícias Ao Minuto Brasil

Justiça Tragédia

Um motociclista morreu após ser atingido por uma linha chilena enquanto trafegava pela Avenida Brasil, Zona Norte do Rio. Alex Leandro Silva Motta, de 35 anos, era gari e morava no bairro de Realengo, na Zona Oeste. A vítima voltava para casa do trabalho.

Segundo informações da jornal 'Extra', a PM foi acionada para verificar o caso, segundo a corporação, mas encontraram o homem em óbito. A perícia foi acionada, e a ocorrência foi encaminhada para a 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), que instaurou um inquérito para apurar a morte do motociclista. Segundo a Polícia Civil, "diligências estão em andamento".

Alex era casado e deixa dois filhos adolescentes, um de 10 e outro de 16 anos. O velório de Alex será a partir das 8h, no Cemitério de Inhaúma, na Zona Norte, seguido do sepultamento, às 10h30, no mesmo local.

Ainda segundo a publicação, a lei 8.478 proíbe o perigoso item e dessa forma, desde 19 de julho de 2019, quem for flagrado soltando pipa com linha chilena (linha com vidro moído e cola ou quartzo moído, algodão e óxido de alumínio) ou cerol tem que pagar uma multa de R$ 342,11. O texto, publicado em Diário Oficial, estipula multas para quem fabricar, vender, comprar, portar ou usar o material.

Campo obrigatório