Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Jovem é agredida até desmaiar e tem parte do cabelo arrancado

“Eu estava à dois passos de entrar quando elas me atacaram”, contou a vítima

Jovem é agredida até desmaiar e tem parte do cabelo arrancado
Notícias ao Minuto Brasil

21:09 - 23/09/15 por Notícias Ao Minuto

Justiça Piracicaba

Na noite desta terça-feira (22), uma adolescente de 18 anos foi agredida em frente à escola em que estuda no Centro dePiracicaba

(SP). Segundo a Polícia Civil, três meninas bateram na jovem durante 20 minutos até ela desmaiar e arrancaram uma mecha de cabelo. O motivo da violência seria um antigo relacionamento da vítima com o atual namorado de uma das supostas agressoras.

Segundo o site G1, a estudante Daiane Fernanda Mizael relatou que saiu do dentista e foi direto para a aula, mas quando ela chegou em frente à Escola Estadual Barão do Rio Branco, três meninas a esperavam no portão. “Eu estava à dois passos de entrar quando elas me atacaram”, contou.

A estudante contou que foi atingida na costela, olhos, boca, barriga e cabeça, além de ter sangrado por muito tempo. Parte do cabelo da jovem também foi arrancada durante a briga.

No relato da adolescente e no registro da ocorrência, há a informação que as três meninas bateram na estudante até ela desmaiar e fugiram. “Depois de um tempo eu não consegui enxergar mais nada, só desmaiei" contou.

A Secretaria Estadual de Educação informou, em nota oficial, que repudia qualquer ato de violência e acolheu a aluna independentemente da agressão ter ocorrido fora da escola. A Escola Estadual Barão do Rio Branco afirmou que todas as medidas cabíveis foram tomadas e que "todas as unidades de ensino contam com a parceria da Polícia Militar, que realiza a ronda escolar para inibir qualquer tipo de situação de vulnerabilidade no entorno das escolas".

Ainda segundo a publicação, a vítima registrou um boletim de ocorrência de lesão corporal no 1º Distrito Policial de Piracicaba (SP), que será encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). Na tarde desta quarta, Daiane passará por exame de corpo e delito no Instituto Médico Legal (IML).

Campo obrigatório