Meteorologia

  • 02 JULHO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Laudo da necropcia confirma que tiro na cabeça matou médica

O exame já foi encaminhado à Divisão de Homicícios da Baixada Fluminense (DHBF)

Laudo da necropcia confirma que tiro na cabeça matou médica
Notícias ao Minuto Brasil

18:27 - 30/06/16 por Notícias Ao Minuto

Justiça Linha Vermelha

O laudo da necropsia no corpo da médica Gisele Palhares, 34 anos, morta na noite de sábado (25), no acesso à Linha Vermelha, confirmou a causa da morte da médica, que sofreu lesão cerebral e hemorragia.

Segundo informações do G1, o laudo já foi encaminhado à Divisão de Homicícios da Baixada Fluminense (DHBF).

De acordo com o laudo, o tiro fatal atingiu o lado esquerdo da cabeça da vítima. A bala foi encontrada pelos peritos e encaminhada para um novo exame para que seja descoberta qual a arma foi utilizada pelos bandidos.

Nesta quarta-feira (29), foi feita uma perícia complementar no carro de Gisele, que foi atingido no quatro tiros: dois na frente, um na parte de trás e outro do lado esquerdo. Esse último tiro que teria provocado a morte da médica. A polícia investiga se foi tentativa de assalto ou uma execução.

Campo obrigatório