Marcos pagou R$ 27 mil para amante ser exclusiva dele, diz delegado

Depoimento do delegado Mauro Dias acontece nesta terça-feira (29), segundo dia de julgamento de Elize Matsunaga

© Reprodução / TV Globo
Justiça MATSUNAGA 15:50 - 29/11/16 POR Notícias Ao Minuto

O delegado Mauro Dias, responsável pelo indiciamento de Elize Matsunaga, disse nesta terça-feira (29), segundo dia de julgamento do caso, que acontece no Fórum da Barra Funda, em São Paulo, que o motivo do crime foi traição e que a bacharel em direito agiu sozinha.

PUB

Segundo o G1, Dias contou que “Marcos tinha 'namorico' com amante e pagou R$ 27 mil para ela tirar perfil de site de relacionamento e ser exclusiva”. Elize não teria aceitado a “traição”.

Marcos conheceu a amante no mesmo site de relacionamento que conheceu a ré Elize, disse o delegado. A relação do casal estava péssima e a vítima humilhava Elize “lembrando o passado dela de prostituta”.

Leia também: Elize Matsunaga não aguenta ver fotos e pede a juiz para sair da sala

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X