Audiência com Brunet e o ex chega ao fim sem decisão por agressão

Atriz e modelo acusa o empresário Lírio Parisotto de duas agredi-la duas vezes, em 2015 e 2016

© Reprodução / Instagram
Justiça MARIA DA PENHA 16:52 - 29/11/16 POR Notícias Ao Minuto

Começou nesta terça-feira (29) a primeira fase do julgamento do empresário Lírio Parisotto, acusado de agredir a ex-mulher dele, a atriz e modelo Luiza Brunet, em maio deste ano e em dezembro de 2015.

PUB

De acordo com o G1, a audiência foi encerrada sem que houvesse uma decisão sobre as acusações contra o ex de Brunet. A modelo foi ao Fórum Criminal da Barra Funda, na Zona Oeste de São Paulo, assim como Parisotto, que entrou por uma outra porta.

Duas testemunhas de Parisotto faltaram, impedindo que o empresário falasse. Sendo assim, uma nova audiência será marcada. Já o promotor de Justiça de São Paulo, Carlos Bruno Gaya da Costa, disse ao G1 estar confiante que a agressão será provada.

"Ela apresentou tomografias, foi tudo usado pra produzir o laudo do exame de corpo de delilto", disse. "Na ação penal, não foi pedido nenhum tipo de indenização. O Ministério Público pede apenas a punição dele", contou Gaya.

O Ministério Público Estadual acusa Parisotto de ter cometido dois crimes contra Luiza Brunet, de lesão corporal grave e leve. Se condenado, o empresário pode ser pegar de 1  ano e meio até oito anos de prisão.

Leia também: Audiência com Brunet e o ex chega ao fim sem decisão por agressão

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X