Elize não responderá acusação no quarto dia de julgamento

“Se eu fosse ela não responderia o que eu ia perguntar mesmo, porque eu sei o que vou perguntar e ela não sabe como responder”, disse o promotor da acusação, José Carlos Cosenzo

© Arquivo pessoal
Justiça silêncio 10:46 - 01/12/16 POR Notícias Ao Minuto

No quarto dia de julgamento de Elize Matsunaga, acusada de matar e esquartejar, em 2012, seu marido, o empresário Marcos Matsunaga, não dará uma palavra quando for interrogada. A informação foi anunciada pela defesa da ré, nesta quinta-feira (1), antes de a sessão ser retomada. O término estava previsto para esta sexta-feira (2), mas já há a possibilidade dos trabalhos se estenderem até o domingo (4).

PUB

“Elize não irá responder as perguntas da Promotoria e da assistência da acusação”, disseram os advogados Luciano Santoro e Roselle Soglio, que defendem a acusada, em entrevista ao G1. A dupla, no entanto, não explicou por que a ré ficará em silêncio quando for interrogada pelo promotor José Carlos Cosenzo e pelo assistente, o advogado Luiz Flávio d´Urso. Ele ainda ressaltou que Elize só responderá às perguntas do juiz e da defesa.

Apesar do silêncio de Elize, o promotor Cosenzo já previa que a bacharel em direito não ia responder aos questionamentos dele. “Se eu fosse ela não responderia o que eu ia perguntar mesmo, porque eu sei o que vou perguntar e ela não sabe como responder”, disse o promotor.

LEIA TAMBÉM: Elize degolou Marcos ainda vivo, diz médico legista

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

X