Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Jovem morta em condominio de luxo brigou pouco antes com namorado

O namorado da jovem, que não relatou o desaparecimento dela por mais de uma semana, se apresentou nesta quarta (10) à polícia

Jovem morta em condominio de luxo brigou pouco antes com namorado
Notícias ao Minuto Brasil

06:05 - 11/01/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça 'Ciúmes'

Após a grande repercussão da morte da jovem Gabrielly Teixeira de Oliveira Santos, de 20 anos, que foi encontrada morta dentro de um condomínio de luxo em Bertioga, no litoral de São Paulo, seu namorado se apresentou à Polícia Civil para dar esclarações. Ele informou que brigou com a jovem momentos antes do ocorrido.

O namorado da jovem, de São Vicente, também na Baixada Santista, que não relatou o desaparecimento dela por mais de uma semana, se apresentou nesta quarta-feira (10) à polícia, após ser intimado a prestar esclarecimentos no dia anterior. Por conta de possíveis retaliações, o nome dele é mantido em sigilo, uma vez que, no momento, ele não é considerado suspeito nas investigações.

+ Mulher é achada morta em condomínio de luxo de SP

"O rapaz se apresentou junto com um advogado e negou que tenha cometido qualquer crime. Ele admitiu que brigou com ela, por ciúmes, na festa de Ano Novo, para a qual ele foi contratado para ser o DJ da noite e onde ela comemorava o aniversário de 20 anos", afirmou o delegado Sérgio Nassur, titular da Delegacia Sede da cidade.

O rapaz disse, ainda, que mantinha relacionamento com Gabrielly há aproximadamente um ano, e que, apesar de não ter testemunhado, ouviu relatos de conhecidos sobre duas ocasiões em que ela teria tentado se matar no passado.

Após a briga, o DJ subiu para o apartamento e a jovem permaneceu no carro dele. Logo depois, de acordo com o delegado, ela saiu do veículo e seguiu em direção a um beco, onde seria encontrada morta após seis dias. Momentos depois, o rapaz desceu e perguntou ao recepcionista para onde a garota havia ido. O funcionário indicou e o jovem foi no mesmo sentido.

"Imagens de câmeras de monitoramento mostram isso, e a versão é corroborada pelo funcionário do hotel, que nós já ouvimos também. Não é possível ver se eles [a jovem e o DJ] carregam algo nas mãos, ou se ambos se encontram, mas as imagens mostram, ainda, o rapaz voltando para o hotel momentos depois", afirma.

De acordo com informações divulgadas pelo 'G1', a polícia trabalha com a possibilidade da cena do crime ter sido forjada para simular um suicídio, e a hipótese de homicídio não é descartada.

Crime

A jovem foi encontrada na noite de sábado (6) com uma corda no pescoço, pendurada, mas não suspensa, no galho de uma árvore em um matagal na Riviera de São Lourenço. Ela foi vista pela última vez após o Réveillon, quando esteve com o namorado em uma festa no condomínio. Após isso, não fez mais contato com familiares.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório