Meteorologia

  • 22 ABRIL 2018
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

No Rio, Vila Kennedy volta a ser ocupada pelo Exército

Operação ocorre sob a intervenção federal na segurança pública do estado

No Rio, Vila Kennedy volta a ser ocupada pelo Exército
Notícias ao Minuto Brasil

09:44 - 22/03/18 por Folhapress

Justiça SEGURANÇA

O Exército deu início, na manhã desta quinta-feira (22), a uma operação na Comunidade do Frade, em Angra do Reis (RJ). Segundo o CML (Comando Militar do Leste), a ação envolve cerco, estabilização da área e desobstrução de vias.

A operação ocorre sob a intervenção federal na segurança pública do estado. A medida, inédita, foi anunciada pelo presidente Michel Temer (MDB) em 16 de fevereiro, com o apoio do governador Luiz Fernando Pezão, também do MDB.

Temer nomeou como interventor o general do Exército Walter Braga Netto, que atua como chefe das forças de segurança do Estado, como se acumulasse a Secretaria da Segurança Pública e a de Administração Penitenciária, com PM, Civil, bombeiros e agentes carcerários sob o seu comando.

A disputa entre facções pelo controle de comunidades da cidade fez mais do que dobrar o índice de letalidade violenta de 2012, no auge do projeto das UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora), a 2017 em Angra.

Segundo dados do ISP (Instituto de Segurança Pública), no ano passado a cidade teve 113 ocorrências, contra 51 cinco anos antes. 

+ Motorista de app é preso por sequestrar e estuprar adolescente em SP

Em fevereiro, operação do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) da PM na comunidade do Frade terminou com oito mortos.

VILA KENNEDYO

Exército também realiza uma operação na Vila Kennedy. Nas duas ações, são empregados 1.382 militares das Forças Armadas, 270 policiais militares, 50 policiais civis e 19 agentes da Polícia Rodoviária Federal com apoio de blindados.

Nesta quarta (21), três policiais militares foram mortos no estado do Rio. Um sargento na Baixada Fluminense, um cabo na região dos Lagos (este, durante a folga) e um policial identificado como Felipe Santos de Mesquita na Rocinha.

Na comunidade da zona sul do Rio, um morador também foi morto no confronto entre traficantes e policiais na noite de quarta. Antonio Ferreira da Silva, conhecido como Marechal, foi baleado numa passarela na Rocinha. Com informações da Folhapress.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório