Meteorologia

  • 16 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Médico é preso em flagrante por abuso sexual de paciente grávida em UPA

Crime ocorreu na noite de quarta-feira (18)

Médico é preso em flagrante por abuso sexual de paciente grávida em UPA
Notícias ao Minuto Brasil

14:27 - 21/04/18 por Estadao Conteudo

Justiça RS

O médico Valmir Venâncio Silva, de 34 anos, foi detido por policiais militares, suspeito de abusar sexualmente de uma paciente que buscava atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em São Leopoldo, na região do Vale dos Sinos. A ação ocorreu na noite de quarta-feira, 18, e foi divulgada pela Polícia Civil na quinta-feira, 19.

De acordo com o titular da 2ª Delegacia de Polícia de São Leopoldo, delegado Rodrigo Zucco, uma mulher grávida procurou atendimento na UPA do bairro Scharlau com queixas de dor de estômago. No momento da consulta, o médico teria pedido para a paciente tirar a roupa e ficar de frente para a porta, que estaria fechada. Dentro do consultório, o homem teria tocado nas partes íntimas da gestante, que, ao sair da unidade de saúde, chamou a polícia.

"A prisão deste médico ocorreu em flagrante, mas ele já foi denunciado outras três vezes pelo mesmo crime lá em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. Naquela ocasião, foram instaurados inquéritos para apurar os fatos", explicou o delegado Zucco. O suspeito nega que teria abusado das pacientes.

A direção do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul (Cremers) vai instaurar uma sindicância para apurar a denúncia. O advogado do médico, Régis Eduardo Krause, disse que não vai se manifestar sobre o inquérito. "Estamos tomando todas as providências legais no que constitui a defesa, mas no momento não vamos nos manifestar porque o caso está sob investigação", afirmou. Com informações do Estadão Conteúdo. 

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório