Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Carro onde Marielle e Anderson estavam passará por nova perícia no Rio

O veículo também será toda desmontado

Notícias ao Minuto Brasil

18:16 - 24/04/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça investigação

Uma nova perícia será realizada no carro onde a vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes foram mortos a tiros, no dia 14 de março, no Rio. O veículo já foi transferido, na manhã desta terça-feira (24), da Delegacia de Homicídios da capital, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, para o Instituto Carlos Éboli, no Centro. A principal linha de investigação aponta que o crime tenha envolvimento com milícias.

A primeira inspeção foi feita no dia dos assassinatos. A polícia encontrou nove cápsulas dentro do carro. Segundo informações do G1, o automóvel será todo desmontado. Na análise feita há 41 dias, foi constatado que os quatro tiros que atingiram Marielle entraram pela porta traseira do lado do carona, onde ela estava sentada. Já Anderson foi baleado nas costas com três disparos.

+ 'Não matei. Levei para matar', diz Macarrão sobre Eliza Samudio

Dias depois do duplo homicídio, policiais conseguiram recolher digitais parciais do criminoso responsável por municiar a pistola 9mm usada no crime. A perícia encontrou as digitais em cápsulas achadas na esquina das ruas João Paulo I e Joaquim Palhares, no Estácio, local do crime.

Entenda o caso

A vereadora do PSOL Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes foram assassinados no bairro do Estácio, no Centro do Rio de Janeiro, na noite do dia 14 de março. Outra passageira, assessora de Marielle, foi atingida por estilhaços e sobreviveu, mas decidiu sair do país quase um mês depois das mortes por questão de segurança.  Marielle voltava do evento "Jovens Negras Movendo as Estruturas" quando foi abordada pelos criminosos.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório