Meteorologia

  • 17 NOVEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Homem convida amigo para churrasco após assassinato de grávida

Mensagens foram enviadas pelo WhatsApp e serão usadas pela Promotoria de Justiça para denunciar Marcelo Kroin

Homem convida amigo para churrasco após assassinato de grávida
Notícias ao Minuto Brasil

19:55 - 17/08/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça Investigação

A Promotoria de Justiça deve denunciar, no início da próxima semana, por homicídio qualificado (feminicídio e asfixia), Marcelo Kroin, de 38 anos, suspeito de matar a mulher, Andreia Araujo, de 28 anos, que estaria grávida de três meses.

O corpo da vítima foi encontrado enrolado em um cobertor, dentro de um veículo, no último dia 5, na cidade de Jaraguá do Sul, interior de Santa Catarina.

De acordo com o promotor Marcio Cota, a acusação teve acesso a conversas de WhatsApp do suspeito, no dia em que teria praticado o crime, para um amigo. Nas mensagem, Marcelo convida o colega para "assar uma carne".

Depois, relata estar "encrencado". "Briga com a mulher e tu nem imagina a m* que fiz", diz o marido em um dos trechos, conforme o portal G1. Marcelo ainda pergunta se o amigo "tem um pra relaxar".

Para o promotor, o tom do diálogo mostra o caráter frio do suspeito. "Mostra um pouco da frieza dele, da personalidade", disse Cota. "Tudo se encaminha para uma denúncia de homicídio qualificado, agravado pelo fato de ela estar grávida", explicou completou.

Notícias ao Minuto

+ Dr. Bumbum tem prisão preventiva decretada e mãe será solta

Ele aguarda o laudo que deve confirmar a gestação de Andreia. Segundo familiares e o próprio marido, ela estava com três meses de gravidez.

O crime

No dia do crime, segundo o suspeito contou em depoimento, a mulher teria saído para uma festa e bebido muito. Quando chegou em casa, começaram a discutir e ela chegou a usar uma faca para ameaçá-lo. Nesta hora, Marcelo diz que tentou se defender dando um soco na mulher, que caiu no chão, bateu com a cabeça e morreu.

No entanto, segundo a Polícia Militar (PM), conforme informações do jornal Extra, Marcelo tem passagens criminais por vias de fato, ameaça contra a mulher e violência doméstica. "Eles tinham um relacionamento normal, como todo casal, mas bateu um ciúme doentio nele, acabaram brigando, ele bateu nela, a matou", disse um parente da vítima, sem se identificar.

Andreia deixa ainda uma filha de 10 anos, fruto de um relacionamento anterior. Ainda segundo a polícia, depois de constatar a morte da companheira, o suspeito colocou o corpo no seu veículo e saiu de casa. Em depoimento prestado na delegacia, contou que não soube o que fazer diante da situação e decidiu voltar para a residência.

O cadáver foi localizado por equipes da PM, após uma denúncia anônima.

PARTICIPE: Campanha do Notícias ao Minuto dá iPhone X de R$ 7.799

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório