Meteorologia

  • 19 NOVEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

'Sempre foram meio malucos', diz irmã de Cris sobre família Brittes

Edison Brittes confessou ter matado o jogador Daniel Corrêa e está preso

'Sempre foram meio malucos', diz irmã de Cris sobre família Brittes
Notícias ao Minuto Brasil

18:21 - 14/11/18 por Notícias Ao Minuto

Justiça Paraná

A família Brittes - envolvida no assassinato do jogador Daniel Corrêa em 27 de outubro, na região de São José dos Pinhais (PR), foi definada pela irmã mais nova de Cristiana Brittes, com hábitos de uma "vida meio maluca".

Cristiana é esposa de Edison Brittes, que confessou ter matado o atleta.

A irmã de Cristiana afirmou em entrevista à Rede Massa que os dois "sempre foram meio malucos, sempre viveram uma vida meio maluca”.

Testemunha: Daniel foi convidado a fazer sexo com esposa de suspeito

Ela também defendeu Cristiana e sua filha Allana Brittes das acusações de participação no crime: “Elas não participaram disso, a gente sabe disso, o maior culpado disso foi o Júnior. Só que elas estão pagando por isso, infelizmente, minha irmã estava há tantos anos com ele, ele sempre foi uma pessoa muito difícil, só que não tem o que fazer”, afirmou.

A reportagem também destaca que a mãe de Edison Brittes foi vítima de ameaças feitas pelo filho.

Segundo os boletins de ocorrência os quais a Rede Massa teve acesso, a mãe de Edison empregou R$ 165 mil ao filho em outubro de 2014, referente à venda de um imóvel. O dinheiro seria utilizado para que ele pudesse investir em um negócio próprio.

A reportagem ainda revela que a dívida nunca foi sanada. Mãe e filho haviam combinado que o valor seria pago em até um ano, mas quando a mãe de Edison cobrou, ele a ameaçou.

O CRIME

Edison Brittes confessou ter matado o jogador Daniel e alega que o atleta teria tentado estuprar sua esposa, Cristiana Brittes. A versão do assassino confesso é contraditória e não condiz com os depoimentos das testemunhas. Além de Edison, Cristiana e a filha Allana também presas preventivamente. Todos os envolvidos até agora serão acusados de homicídio qualificado.

Mais sobre o caso

Caso Daniel: convidada diz que esposa foi agredida e não alegou estupro

Caso Daniel: namorada de suspeito diz que ele viu Edison matar jogador

Caso Daniel: família de empresário será indiciada por morte do jogador

Advogado de suspeito diz que intenção era 'castração' de Daniel

Campo obrigatório