Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Mais de 30 turistas são vítimas de 'arrastão' em ponto turístico do Rio

Crime ocorreu em trilha do Parque Lage

Mais de 30 turistas são vítimas de 'arrastão' em ponto turístico do Rio
Notícias ao Minuto Brasil

22:50 - 03/01/19 por Notícias Ao Minuto

Justiça Jardim Botânico

Cerca de 40 turistas estrangeiros foram vítimas de um arrastão na tarde desta quinta-feira (3) na trilha do Parque Lage, no bairro Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro. O local é um destino turístico conhecido da capital.

Segundo informações do UOL, ao menos 14 pessoas foram ouvidas desde o fim da tarde desta quinta na Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (Deat). As vítimas foi abordadas por criminosos enquanto caminhavam pela trilha.

"Nós vínhamos descendo da trilha do Cristo e eram três pessoas. Quando nos abordaram, outras pessoas já estavam lá sentadas. Levaram tudo nosso: dinheiro, celular, nos revistaram. Estavam muito agressivos. Conosco não, mas com outras pessoas, sim. Ficamos reféns mais ou menos entre 1h30 e 2 horas. Todos que subiam e desciam eram parados. Eles bateram no rosto de uma pessoa com a pistola e na mão de outra. Tive muito medo. Levaram dinheiro, celulares, relógios, passaporte, anéis, joias e mochilas. Eu penso em voltar ao Rio, mas com mais cuidado", revelou a argentina Luciana Navarro, 21 anos.

De acordo com o jornal 'O Dia',  o argentino Joaquin Mendonza , 33 anos, também revelou detalhes dos momentos de tensão. 

"A cada momento chegavam mais pessoas que eram feitas vítimas. No final eles foram para cima e nós saímos. Eles foram muito violentos com as pessoas que não colaboraram, que não queriam entregar as coisas. Eles ameaçavam com a faca no abdômen e com a pistola na cabeça. Vários turistas foram agredidos. Um apanhou no rosto, no peito e nas pernas. O pior momento foi quando vimos eles apontando a pistola no rosto de uma pessoa e mandaram sentar. Pensamos o pior"

Leia também: 'Precisamos ter nosso Guantânamo', diz governador do Rio

+ Homem é preso após violar medida protetiva e matar enteados

Campo obrigatório