Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Homem que furtou R$ 24 para comprar comida se entrega: 'Me arrependi'

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vladimir Haag Medeiros, ele não possui antecedentes criminais e vai responder por furto.

Homem que furtou R$ 24 para comprar comida se entrega: 'Me arrependi'
Notícias ao Minuto Brasil

19:02 - 04/02/19 por Notícias Ao Minuto

Justiça RS

Depois de furtar 24 reais em loja, no centro do município de canela, na serra gaúcha, José Patrick Pereira de Oliveira, de 25 anos, se entregou a polícia. "Fiquei com remorso. Me arrependi. Fiz errado", afirmou Oliveira.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Vladimir Haag Medeiros, ele não possui antecedentes criminais e vai responder por furto.

"Foi sem violência e sem ameaça. Estou analisando os elementos do inquérito para avaliar se será indiciado ou não". A pena, se aplicada, pode variar de 1 a 4 anos de prisão.

De acordo com o G1, o homem justificou o roubo por estar tendo dificuldade para comprar comida.

Na última sexta-feira (25), depois de várias tentativas para conseguir um emprego, Patrick decidiu cometer o assalto. "Eu sentei na rodoviária e fiquei pensando. 'Não tenho nada para levar para casa'. Eu estava muito nervoso porque nunca fiz isso antes. A guria também estava nervosa. Eu só disse 'passa' e ela me deu o que tinha no caixa".

+Pai faz filha de três anos refém em apartamento, diz polícia

Ao chegar em casa ele entregou o dinheiro à esposa, mas não contou sobre o assalto. Os 24 reais foram usados para comprar pão, carne e suco.

"Eu disse que tinha conseguido o dinheiro emprestado, mas ela via meu nervosismo. À noite, eu disse para ela que iria no meu tio, mas fui direto para o presídio. Se eu tivesse dito a verdade, tinha magoado ela".

Ao chegar no presídio, ele foi informado de que teria que ir até a delegacia. José contou que horas antes havia furtado uma loja de roupas.

"O policial disse que eu fiz o certo, me entregando. Se tivesse que ficar preso, eu ficaria. Sabia que estava errado. É melhor falar a verdade do que mentir".

Na última semana, sem dinheiro para as contas e o aluguel que somavam cerca de R$ 500, ele entregou a casa onde morava com a mulher e o irmão, e ficou três dias dormindo na rua.

"Fiquei com vergonha de falar com meu tio porque não tinha dinheiro para ajudar ele. Hoje eu vim para cá e pedi um lugar para ficar".

Depois que sua história foi mostrada no programa Bom Dia Rio Grande, da RBS TV, nesta segunda-feira (4), ele recebeu uma ligação de um empresário do ramo de móveis em Montenegro que ofereceu emprego em uma fárica e moradia para ele e a esposa. Eu vou aceitar. Só estou esperando ele ligar para confirmar. Vamos nos mudar para lá".

Campo obrigatório