Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2019
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Advogados de acusados por morte de Marielle negam delação de clientes

A polícia afirma que não tem dúvidas de que os fuzis encontrados no Meier eram de Lessa

Advogados de acusados por morte de Marielle negam delação de clientes
Notícias ao Minuto Brasil

16:12 - 13/03/19 por Estadao Conteudo

Justiça Preso

Advogados do sargento reformado Ronnie Lessa e do ex-policial militar Elcio Vieira de Queiroz, acusados pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, negaram que seus clientes pensem em fazer delação premiada.

O advogado Henrique Telles, que atua na defesa de Lessa, afirmou ainda que o seu cliente "sequer havia ouvido falar em Marielle". Queiroz, Lessa e Alexandre Mota de Souza, que é amigo de infância de Lessa e guardava fuzis em sua casa no bairro do Meier, prestaram depoimento hoje na Delegacia de Homicídios (DH). Os depoimentos foram sobre porte ilegal de armas e não sobre o caso Marielle.

Saiba quem são os presos acusados de matar Marielle Franco

Delegado do caso Marielle será afastado após prisões de suspeitos

A polícia afirma que não tem dúvidas de que os fuzis encontrados no Meier eram de Lessa. A audiência de custódia de Lessa e Queiroz está prevista para amanhã. De lá, os dois devem voltar para a DH para prestarem depoimento, aí sim, sobre o caso Marielle. Após esse depoimento, a expectativa é que os acusados sejam levados para Bangu. Outros citados vieram espontaneamente prestaram depoimento do DH na tarde desta quarta-feira, 13. Entre eles, três policiais militares, dois empresários e um bombeiro.

Campo obrigatório