Meteorologia

  • 20 MARçO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Coaf aponta depósito de R$ 100 mil para acusado de matar Marielle

Dinheiro foi colocado na conta de Ronnie Lessa sete meses depois do assassinato da vereadora e do seu motorista Anderson Gomes

Coaf aponta depósito de R$ 100 mil para acusado de matar Marielle
Notícias ao Minuto Brasil

06:58 - 15/03/19 por Notícias Ao Minuto

Justiça Investigações

Relatório do Ministério Público que embasou o pedido de bloqueio de bens dos acusados de matar Marielle Franco e Anderson Gomes aponta depósito de R$ 100 mil, feito à boca do caixa, na conta do policial militar reformado Ronnie Lessa.

Ele foi preso, junto com o ex-PM Élcio Queiroz, no início da semana. Segundo as investigações, Lessa é responsável por atirar contra as vítimas, enquanto Queiroz dirigiu o carro usado no atentado, ocorrido em março do ano passado.

+ Caso Marielle: denunciados devem ficar em silêncio em depoimento

+ Polícia identifica terceiro suspeito de massacre em Suzano

O depósito do dinheiro foi relatado pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Segundo o órgão, a transferência ocorreu no dia 9 de outubro de 2018, sete meses depois do crime.

O MP pediu o bloqueio de bens, conforme lembra o portal G1, para garantir a indenização por danos morais e materiais às famílias da vereadora e do motorista.

Leia também:

Acusados pela morte de Marielle e Anderson vão para presídio federal

Delegado do caso Marielle se diz surpreso com seu afastamento

Polícia cumpre novos mandados de busca e apreensão no caso Marielle

Amigo de suspeito de matar Marielle é preso com 117 fuzis em casa

Saiba quem são os presos acusados de matar Marielle Franco

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório