Meteorologia

  • 17 JULHO 2019
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 15º

Edição

Dois casos de feminicídio são registrados no ABC paulista nesta segunda

Em um deles, o marido matou a mulher, colocou o corpo na geladeira de casa e fugiu

Dois casos de feminicídio são registrados no ABC paulista nesta segunda
Notícias ao Minuto Brasil

13:00 - 19/03/19 por Folhapress

Justiça Violência

LUCIANO CAVENAGUI - SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Dois casos de feminicídio ocorreram em Santo André (ABC) nesta segunda-feira (18). Em um deles, o marido matou a mulher, colocou o corpo na geladeira de casa e fugiu. Só foi descoberto e preso após uma denúncia anônima.

O assassinato envolvendo a geladeira ocorreu no bairro Cidade São Jorge, por volta das 8h. De acordo com a polícia, Lucas Alves da Silva Santos, 24 anos, estava em processo de separação de Engel Sofia Pironato, 21 anos. Durante uma discussão, Santos deu um golpe de mata-leão na mulher. Ao constatar que ela estava morta, retirou as prateleiras da geladeira e colocou o corpo dentro.

+ Lessa monitorou encontro de Marielle com ex dois dias antes do crime

Segundo a polícia, Santos ficou andando pela região central de Santo André o dia inteiro e só voltou para casa à noite, para pegar roupas. Ele tinha o objetivo de fugir para a residência de um tio em Ermelino Matarazzo, na zona leste da capital paulista. Foi preso pela Polícia Militar às 23h, quando estava em um veículo de aplicativo no Centro de Santo André.

No outro caso de feminicídio, Manoel Gomes de Oliveira, 43 anos, foi preso após atropelar e matar a tiros a mulher, Elieide Rodrigues de Oliveira, 38 anos. O crime ocorreu na rua Armando Mazzo, no Jardim Rina, e foi filmado por uma câmera de segurança da rua.

Policiais militares perseguiram Oliveira e houve troca de tiros no bairro Iguatemi, na zona leste. Oliveira ficou ferido durante o confronto e foi socorrido ao Hospital Santa Marcelina, onde está internado.

Seja sempre o primeiro a saber. Baixe o nosso aplicativo gratuito.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório