Meteorologia

  • 25 OUTUBRO 2020
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

'Ele pegava na minha bunda', relata vítima de tatuador de BH

Leandro Caldeira Alves Pereira foi preso no último domingo e vai repsonder por violação sexual mediante fraude

'Ele pegava na minha bunda', relata vítima de tatuador de BH
Notícias ao Minuto Brasil

14:33 - 01/04/19 por Notícias Ao Minuto

Justiça Assédio

Uma das vítimas de assédio sexual cometido pelo tatuador Leandro Caldeira Alves Pereira, de 44 anos, contou que desistiu da terceira sessão necessária para concluir a tatuagem após ter sido assediada:

Em 2009, eu fiz uma tatuagem na coxa que teve duas sessões (eram três, mas a terceira eu não compareci). Era muito nova, tinha 19 anos. Enquanto tatuava ele pegava minha bunda e depois começou a colocar o dedo na minha vagina. Eu ficava tentando demonstrar o desconforto, mas foi terrível. [...] Na segunda sessão, pedi que um amigo fosse me encontrar de tão arrasada que eu estava.

O tatuador é dono de um estúdio na Savassi, bairro nobre de Belo Horizonte. Leandro foi preso em Lagoa Santa, na Grande BH, no domingo (31). Uma reportagem do Fantástico, da TV Globo, revelou o caso e fez com que mulheres registrassem boletim de ocorrência contra o tatuador, que vai responder pelo crime de violação sexual mediante fraude.

Mulher sobre tatuador preso por assédio: 'Pediu para tirar a calcinha'

De acordo com o G1, a delegada Larissa Mascotte, responsável pela investigação, informou que novos relatos de vítimas foram registrados pela polícia. Segundo ela, os depoimentos de abuso se repetem e reafirmam o modo com que Leleco, apelido do profissional, usava para violar as mulheres durante as sessões de tatuagem.

Leandro nega os crimes e diz que é inocente. “Eu sou tatuador há mais de 22 anos, estou no mesmo lugar há 15 anos. Sempre respeitei a todos. Estou tranquilo, tô com Deus e vou provar minha inocência”.

Campo obrigatório